Suíça reforça sanções financeiras contra regime líbio

Suíça vai ampliar as sanções às transações financeiras do ditador Muamar Kadafi

Zurique – A Suíça, que já havia decidido congelar os bens do regime de Muamar Kadhafi, anunciou nesta sexta-feira que vai ampliar as sanções às transações financeiras, segundo comunicado do governo.

Em 24 de fevereiro, a Suiça ordenou nesta terça-feira o bloqueio imediato dos bens de Kadhafi e familiares nesse país.

“O Conselho Federal condena com a maior firmeza a violência empregada pelo homem forte da Líbia contra seu povo”, assinalou o ministério suíço das Relações Exteriores em um comunicado.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.