Senadores tentam atrasar confirmação de nomeações de Trump

Os senadores democrata se recusaram a comparecer a votações para avaliar a nomeação de dois nomes indicados pelo presidente dos EUA

Washington – Senadores do Partido Democrata se recusaram a comparecer a votações para avaliar a nomeação de dois nomes indicados pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em um movimento que pretende atrasar o processo de confirmação do gabinete presidencial.

Anteriormente, os senadores do partido haviam sinalizado que estavam preparados para votar nos comitês de Finança contra os indicados de Trump para o Tesouro, Steven Mnuchin, e Saúde, Tom Price.

No entanto, os congressistas de oposição dizem agora querer mais tempo para obter informações adicionais dos nomeados.

Segundo o senador Ron Wyden, de Oregon, os parlamentares querem mais informações sobre as movimentações de Price no mercado de ações. O republicano foi citado em uma matéria do Wall Street Journal, que o acusou de ter recebido uma oferta privilegiada para comprar ações de uma biofarmacêutica.

Sobre Mnuchin, os senadores pretendem obter mais informações sobre sua atuação no caso do OneWest Bank, a instituição que surgiu após a compra e reforma do IndyMac Bank do governo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.