Sanders quer convencer Clinton a assumir suas propostas

O encontro entre Sanders e Clinton está marcado para ocorrer depois da prévia na Califórnia

Nova York -- O senador norte-americano Bernie Sanders, que perdeu para Hillary Clinton a indicação do Partido Democrata para as eleições presidenciais dos Estados Unidos deste ano, afirmou neste domingo que vai se reunir com sua adversária na terça-feira para discutir que pontos da sua agenda podem ser agregados à dela durante a campanha contra o republicano Donald Trump.

Embora Clinton já tenha garantido o número necessário de votos para ser a candidata democrata e tenha recebido o apoio do presidente Barack Obama, ainda falta mais uma prévia, a ser realizada na terça-feira, na Califórnia. O encontro entre Sanders e Clinton está marcado para ocorrer depois da votação. Depois disso é que Sanders vai decidir a respeito de seu futuro na campanha presidencial.

Sua primeira prioridade, disse, é derrotar Donald Trump. Para isso, ele deseja que Clinton assuma pelo menos dois de seus principais compromissos: a adoção de um salário mínimo e uma reforma de alterações climáticas. As declarações do democrata foram dadas à rede de televisão NBC.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.