Mundo
Acompanhe:

Salão do Automóvel terá mais de 450 modelos

O evento brasileiro, que está entre os seis maiores do mundo, será realizado em outubro

Com bancos de fibra de côco, o Uno Ecology, da Fiat, deverá ser lançado durante o salão de São Paulo.

Com bancos de fibra de côco, o Uno Ecology, da Fiat, deverá ser lançado durante o salão de São Paulo.

D
Da Redação

Publicado em 26 de outubro de 2010, 21h25.

São Paulo - Carros elétricos, híbridos e modelos futuristas já têm presença garantida no Salão do Automóvel de São Paulo, seguindo a tendência dos principais salões do setor, como os de Detroit (EUA), Paris (França) e Frankfurt (Alemanha). <br>
<br>
O evento brasileiro, que está entre os seis maiores do mundo, será realizado em outubro e terá mais de 450 automóveis em exposição, cerca de 40% deles lançamentos, de acordo com os organizadores.</p>

No ano em que a indústria automobilística projeta vendas e produção recorde e a ascensão do Brasil ao posto de quarto maior mercado mundial, a 26.ª edição do Salão do Automóvel também terá número recorde de expositores em seus 50 anos de existência. Serão 42 fabricantes nacionais e importadores, sem contar os estandes de empresas de acessórios e serviços.

Oito marcas de importados participam da mostra pela primeira vez, entre as quais cinco chinesas: Chery, Hafei, JAC, Jinbei e Lifan, que vão se somar à Chana e à Effa, o que dará um total de sete expositoras chinesas. Esse número só fica atrás das 13 fabricantes instaladas no Brasil, que estarão presentes com modelos nacionais e também importados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais notícias sobre a autoindústria