Rússia diz que pode retaliar EUA por expulsão de diplomatas

Estados Unidos expulsaram 35 diplomatas russos que o governo do ex-presidente Barack Obama disse serem espiões

Moscou - A Rússia pode retaliar os Estados Unidos devido a expulsão de 35 diplomatas russos que o governo do ex-presidente Barack Obama disse serem espiões, informou autoridade do Kremlin nesta sexta-feira.

Moscou também está aguardando a devolução de dois complexos diplomáticos tomados nos Estados Unidos durante o mesmo escândalo de espionagem, disse Yuri Ushakov, um assistente de política estrangeira do Kremlin.

"Nós estamos aguardando a devolução de propriedade diplomática da Rússia ilegalmente apreendida antes do ano novo, pelas autoridades norte-americanas anteriores", disse Ushakov em uma coletiva de imprensa.

"Nós decidimos não responder imediatamente a essa escapada, mas ninguém aboliu até agora o princípio de reciprocidade na diplomacia... nossa paciência tem limites", disse, acrescentando que uma retaliação russa não pode ser descartada.

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, levantou a questão do complexo durante uma visita a Washington nesta semana, disse.

Barack Obama ordenou a expulsão dos 35 russos no final de dezembro e impôs sanções a duas agências de inteligência russas devido ao que disse ser o envolvimento russo em ataques cibernéticos contra grupos políticos na eleição presidencial dos EUA do dia 8 de novembro.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse na época que não iria retaliar imediatamente e que esperaria pelo menos até que o então presidente eleito dos EUA, Donald Trump, assumisse o cargo no dia 20 de janeiro, antes de decidir qual ação tomar.

Ushakov disse que um encontro entre Putin e Trump deve acontecer sob o auspício da reunião do G20 em Hamburgo, na Alemanha, em julho e que é importante que o encontro traga resultados tangíveis.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.