• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Presidente da Ucrânia considera possível guerra com a Rússia

"Será uma guerra híbrida, incluindo informativa e cibernética", disse Zelensky
 (Reuters/Irina Yakovleva/TASS)
(Reuters/Irina Yakovleva/TASS)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 28/01/2022 13:29 | Última atualização em 28/01/2022 20:07Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse que não pode prever se acontecerá "amanhã ou em fevereiro", mas é possível que uma guerra com a Rússia seja travada. O mandatário afirmou, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, que um eventual conflito envolveria não só parte do território ucraniano mas também ataques cibernéticos dos russos.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam seu bolso.

"Se uma guerra em grande escala acontecer, não será apenas na Ucrânia, mas mais além. Será uma guerra híbrida, incluindo informativa e cibernética", disse Zelensky, afirmando que a Ucrânia "já está nessa guerra" de caráter digital.

Ele rechaçou, porém, a possibilidade de uma invasão "iminente" da Rússia ao país, como sugeriu uma autoridade dos Estados Unidos, ao afirmar que a atividade militar russa na fronteira com a nação do Leste Europeu se trata em parte de "pressão psicológica" para afetar as negociações por um acordo diplomático que resolva a atual crise geopolítica na região.

Zelensky instou o Ocidente a não criar "pânico" em torno da crise geopolítica, sugerindo que a atual mensagem dos EUA e países aliados prejudica a Ucrânia, inclusive economicamente. "O maior risco é não conseguir manter o país unido. Desestabilização doméstica. Este é o elo mais fraco", disse o presidente ucraniano.