País de Gales proibirá cigarro eletrônico em lugar fechado

A nova lei entrará em vigor em 2017 e é a primeira a ser formalizada no Reino Unido, o que provocou um debate

Londres - Uma nova lei proibirá dentro de dois anos o uso dos cigarros eletrônicos no País de Gales em espaços fechados, como restaurantes, bares e escritórios, publicou nesta terça-feira a imprensa local.

Os legisladores da Assembleia pretendem evitar que o ato de fumar seja novamente considerado "normal" por conta da proliferação dos cigarros eletrônicos. Os comerciantes também terão que se inscrever em uma lista de vendedores de tabaco e cigarro eletrônico para evitar a venda ilegal destes produtos a menores de 18 anos.

Conforme a nova lei, entre os espaços fechados nos quais estará restrito o uso do cigarro eletrônico também estão os veículos, como táxis e caminhões.

A nova lei entrará em vigor em 2017 no País de Gales e é a primeira a ser formalizada no Reino Unido, o que provocou um debate.

O porta-voz de "Cancer Research", entidade que apoia a pesquisa de tratamentos contra o câncer, George Butterworth, afirmou à rede "BBC" que não existe comprovação de que jovens utilizem o cigarro eletrônico de maneira corriqueira.

"Os cigarros eletrônicos são uma oportunidade para deixar de fumar e não podemos pôr barreiras aos fumantes que querem largar o cigarro", acrescentou Butterworth.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.