A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

ONU vai ajudar Turquia a relançar setor turístico

A organização dará conselhos sobre estratégia e marketing e apoiará a Turquia para aumentar o número direto de voos vindos dos principais mercados europeu

A Organização Mundial do Turismo (OMT) assinou nesta sexta-feira um acordo com a Turquia para ajudar o país a relançar seu setor turístico, afetado após os atentados e a tentativa de golpe de Estado.

A OMT, instituição das Nações Unidas com sede em Madri, dará conselhos ao governo turco em aspectos de estratégia e marketing, informou seu porta-voz.

Também apoiará a Turquia para aumentar o número direto de voos vindos dos principais mercados europeus, acrescentou.

"A Turquia é primordial para nós", declarou o secretário-geral da OMT, o jordaniano Taleb Rifai, após assinar o acordo com o ministro turco de Turismo Nabi Avci.

"O povo da Turquia foi muito valente ao defender sua democracia na semana passada. É nosso dever agora reforçar esta ação, apoiando um dos setores econômicos mais importantes da Turquia", prosseguiu.

"Enviamos conjuntamente uma mensagem ao mundo. A Turquia está de volta ao negócio. A Turquia está preparada para receber seus visitantes", acrescentou.

Na noite de 15 de julho, a Turquia viveu uma tentativa de golpe de Estado colocou em risco o governo do presidente Recep Tayip Erdogan e deixou 265 mortos. O presidente turco respondeu com expurgos generalizados no Estado e na sociedade.

O acontecimento prejudicou ainda mais a indústria turística de um país duramente impactado por uma série de atentados, entre eles um em junho contra o aeroporto de Istambul, que causou 47 mortos.

O turismo emprega cerca de 8% dos trabalhadores do país e é uma fonte essencial de receitas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também