A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Militar é proclamado primeiro-ministro de Burkina Faso

O tenente-coronel Isaac Zida foi nomeado primeiro-ministro do governo de transição do país africano

Ouagadogou - O tenente-coronel Isaac Zida, proclamado pelo exército chefe de Estado de Burkina Faso após a queda do então presidente Blaise Compaoré, foi nomeado nesta quarta-feira primeiro-ministro do governo de transição.

A nomeação se tornou efetiva após o presidente interino, Michel Kafando, assinar hoje um decreto que foi lido para os jornalistas pelo subsecretário-geral do governo, Alain Ouattara, no palácio presidencial.

Zida foi proclamado pelo exército chefe de Estado após a renúncia e fuga do país de Compaoré em 1º de novembro, mas abandonou o cargo ontem após a posse do diplomata Kafando como presidente interino do país africano.

Apesar de Zida ter assegurado que o exército não estava interessado em se manter no poder, durante a rodada de negociações realizada na semana passada por todas as forças políticas e sociais do país para pactuar a Carta da Transição, os militares expressaram seu desejo de ocupar o cargo de primeiro-ministro.

Embora a comunidade internacional e a oposição tenham pedido desde o início que o exército não participasse do executivo de transição, finalmente aceitaram a solicitação dos militares em nome da estabilidade do país.

Como chefe de Estado, na segunda-feira Zida destituiu e prendeu o diretor da Companhia Nacional de Eletricidade, algo que muitos interpretaram como uma demonstração de poder.

A tentativa de Compaoré de reformar o artigo 37 da Constituição, que o impedia de concorrer pela quinta vez a presidente, causou uma onda inédita de manifestações que obrigaram o governante a renunciar e abandonar o país em 1º de novembro.

O exército tomou o poder e o tenente-coronel Isaac Zida foi proclamado novo presidente, para inquietação da comunidade internacional, que exigiu desde o início a transferência de poder para um governo civil.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também