Melhor cidade do mundo para morar agora é neutra em carbono

Decidida a se tornar exemplo de sustentabilidade, a australiana Melbourne conquistou certificado de neutralidade para suas emissões de dióxido de carbono

São Paulo – Melbourne, na Austrália, não está satisfeita em ser apenas a cidade com a melhor qualidade de vida do mundo. Agora, a capital do estado de Vitória quer virar referência em sustentabilidade. Seus esforços já rendem frutos. A cidade aderiu em peso à compensação de emissões e conquistou o selo “carbono neutro”.

Isso significa que as emissões de CO2 provenientes de suas atividades são devidamente quantificadas, através de um inventário de emissões, e uma ação de compensação ambiental é realizada na mesma proporção para neutralizar o que foi emitido. O certificado foi concedido pelo Low Carbon Australia, organismo certificador oficial do governo.

No núcleo de redução de emisões da cidade estão quatro áreas-chave: comércio, residências, transporte público e setor energético. A prefeitura local trabalha com os proprietários de edifícios comerciais e moradores de apartamentos para diminuir seu uso de energia e água e melhorar a gestão e reciclagem de resíduos.

Além disso, a cidade também está ajudando as empresas a melhorar a eficiência energética dos seus edifícios. Não para aí. Os moradores da cidade são estimulados a assumir um estilo de vida mais sustentável através da expansão da rede de ciclovias e incentivo ao uso de transporte público.

"Já somos uma das cidades com mais qualidade de vida do mundo, agora nosso desafio é garantir que sejamos uma das mais sustentáveis", comentou o conselheiro para questões ambientais Arron Wood”. Outras cidades da Austrália já conquistaram o selo, a exemplo de Yarra, também no estado de Vitória, e Sidney.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.