Kerry anuncia compromissos para reduzir tensão em Jerusalém

Secretário de Estado revelou à imprensa que foram obtidos "firmes compromissos" para se manter o status quo em Jerusalém Oriental anexada por Israel.

O secretário americano de Estado, John Kerry, anunciou nesta quinta-feira que foram obtidos compromissos para reduzir a tensão entre israelenses e palestinos, após conversações em Amã com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e com o rei Abdullah, da Jordânia.

Kerry revelou à imprensa que foram obtidos "firmes compromissos" para se manter o status quo em Jerusalém Oriental anexada por Israel.

O secretário de Estado acrescentou que Israel e Jordânia, responsáveis pela custódia da Esplanada das Mesquitas em Jerusalém, estão dispostos a dar passos para reduzir a tensão e "restabelecer a confiança".

A reunião aconteceu no Palácio Real, na capital jordaniana, horas depois de um encontro entre Kerry e o presidente palestino, Mahmud Abbas, para abordar a tensão crescente entre israelenses e palestinos.

A situação continua muito volátil em Israel e na Cisjordânia.

Nesta quinta, jovens palestinos mascarados enfrentaram com pedras soldados israelenses em Jerusalém Oriental.

Os militares responderam com gás lacrimogêneo, balas de borracha e bombas de efeito moral.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.