Mundo

Jornalista britânico é alvo de pedido de deportação

Petição na Internet acusou o apresentador da CNN de atacar a Constituição dos EUA após ele ter defendido agressivamente um maior controle de armas no país


	O âncora britânico da CNN Pier Morgan: assinaturas da petição contra Morgan já superaram o marco de 25 mil
 (Getty Images)

O âncora britânico da CNN Pier Morgan: assinaturas da petição contra Morgan já superaram o marco de 25 mil (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 24 de dezembro de 2012 às 15h17.

Londres - Mais de 31.400 pessoas assinaram uma petição que pede a deportação de Piers Morgan, âncora britânico da CNN, dos Estados Unidos, em reação às visões do jornalista sobre o controle de armas no país.

Morgan assumiu uma postura agressiva por maior controle de armas nos Estados Unidos, motivado pelo tiroteio ocorrido em Sandy Hook, escola de Newtown, Connecticut. Na semana passada, ele definiu um defensor do direito de portar armas como "um homem incrivelmente estúpido" em seu programa, Piers Morgan Tonight.

Agora, ativistas estão reagindo. A petição criada no dia 21 de dezembro acusou Morgan de realizar "um ataque hostil contra a Constituição norte-americana" e exige que ele seja deportado imediatamente.

A petição já ultrapassou a barreira necessária de 25 mil assinaturas para gerar uma resposta da Casa Branca. As informações são da Associated Press.

Acompanhe tudo sobre:ArmasCNNEmpresasEstados Unidos (EUA)Países ricos

Mais de Mundo

Fãs de Trump se reúnem em Milwaukee para lhe dar apoio: "precisa saber que é amado"

Biden pede que país 'reduza a temperatura política' e que evite o caminho da violência

Nikki Haley é convidada de última hora como oradora para convenção republicana

FBI crê que atirador que tentou matar Trump agiu sozinho e não pertence a grupo terrorista

Mais na Exame