Hillary diz que ameaças dos EUA com Coreia do Norte são perigosas

Ex-candidata à presidência dos EUA também pediu que a China assuma um "papel mais proeminente" reforçando sanções contra a Coreia do Norte

Seul – A ex-candidata à Presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton disse nesta quarta-feira que as “arrogantes” ameaças de começar uma guerra na península coreana são “perigosas e míope”, pedindo que os EUA levem todos os envolvidos à mesa de negociação.

Hillary também pediu que a China assuma um “papel mais proeminente” reforçando sanções contra a Coreia do Norte, que visam reduzir seus programas de desenvolvimento nuclear e de mísseis.

“Não há necessidade de sermos belicosos e agressivos (em relação à Coreia do Norte”, disse Hillary no World Knowledge Forum, em Seul, enfatizando a necessidade de mais pressão contra a Coreia do Norte e mais diplomacia para levar Pyongyang a negociações.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.