Mundo

George Clooney pede que Biden se retire da corrida presidencial nos EUA

Ator de cinema se junta à crescente lista de figuras públicas que pediram ao presidente que deixe a disputa contra Donald Trump

George Clooney pediu que Joe Biden se retire da campanha eleitoral de 2024 (AFP)

George Clooney pediu que Joe Biden se retire da campanha eleitoral de 2024 (AFP)

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 10 de julho de 2024 às 15h37.

Última atualização em 10 de julho de 2024 às 16h41.

Tudo sobreEleições EUA 2024
Saiba mais

O ator George Clooney, um dos principais arrecadadores de fundos do Partido Democrata, fez um apelo emocionado nesta quarta-feira, 10, para que Joe Biden se retire da corrida presidencial americana.

Clooney se junta à crescente lista de figuras públicas que pediram ao presidente de 81 anos que deixe a disputa, após seu desempenho decepcionante no debate contra o republicano Donald Trump.

"Eu amo Joe Biden", escreveu Clooney no jornal The New York Times. "Considero-o um amigo e acredito nele... Mas a única batalha que ele não pode vencer é contra o tempo".

Clooney copatrocinou um evento de arrecadação de fundos estrelado no mês passado em Los Angeles ao lado de Biden, onde sua campanha afirmou ter arrecadado 28 milhões de dólares (R$ 151 milhões).

O ator afirmou que o Biden do evento de Los Angeles "não era o mesmo" de 2010 e nem "mesmo de 2020". "Era o mesmo homem do qual todos nós fomos testemunhas no debate", disse Clooney, desafiando claramente a afirmação de Biden de que seu mau desempenho se tratou apenas de um incidente isolado.

"O partido deveria ouvir potenciais candidatos como a vice-presidente Kamala Harris, o governador de Maryland, Wes Moore, e outros, e então poderíamos ir para a convenção democrata do próximo mês e resolver isso", finalizou Clooney.

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)Eleições EUA 2024

Mais de Mundo

Entenda como seria o processo para substituir Joe Biden como candidato democrata

Chefe de campanha admite que Biden perdeu apoio, mas que continuará na disputa eleitoral

Biden anuncia que retomará seus eventos de campanha na próxima semana

Discurso de Trump não empolga e foco volta para possível saída de Biden; veja episódio

Mais na Exame