Explosões matam 38 no Iraque

A violência faz desta terça-feira o dia mais letal no Iraque em quase um mês

Bagdá - Pelo menos 38 pessoas morreram e 180 ficaram feridas em explosões nesta terça-feira em várias cidades do Iraque, incluindo Bagdá, Kirkuk, Hilla e Kerbala.

Em Bagdá um carro-bomba foi detonado perto da sede do ministério das Relações Exteriores, em um ataque que deixou seis feridos.

A violência faz desta terça-feira o dia mais letal no Iraque em quase um mês.

Os ataques mais violentos aconteceram na cidade sagrada xiita de Kerbala, 110 km ao sul de Bagdá, onde pelo menos 13 pessoas faleceram, e em Kirkuk (norte), onde também foram registradas 13 mortes.

As explosões ocorreram no dia do nono aniversário da invasão americana do Iraque e a poucos dias da reunião de cúpula da Liga Árabe prevista para Bagdá, a primeira desde 1990.

Em Kerbala, duas bombas explodiram perto de um restaurante e de um parque na entrada da cidade. Treze pessoas morreram e 50 ficaram feridas

Na cidade de Kirkuk, 240 km ao norte da capital, um carro-bomba explodiu perto de um edifício da polícia na zona sul. Treze pessoas morreram e 48 ficaram feridas, todas policiais.

Os atentados também afetaram Mossul, Ramadi, Hilla, Baji, Duluiya e a região de Tikrit.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.