EUA matam número 2 do Estado Islâmico no Iraque

Ataque militar dos Estados Unidos matou Al-Hayali perto de Mosul, no Iraque

Washington - Um ataque militar dos EUA matou o número 2 do Estado Islâmico, Fadhil Ahmad al-Hayali, perto de Mosul, no Iraque, no início desta semana, anunciou a Casa Branca nesta sexta-feira. Ele estava dentro de um carro.

Al-Hayali, também conhecido como Hajji Mutazz, era considerado o vice-líder de Abu Bakr al-Baghdadi e o "principal coordenador na remoção de grandes quantidades de armas, explosivos, veículos e pessoas entre o Iraque e a Síria", disse o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, Ned Price.

O militante número 2 estava no comando das operações do Estado Islâmico no Iraque e ajudou a planejar a ofensiva em Mosul, em junho de 2014.

"A morte de Al-Hayali vai impactar negativamente as operações do Estado Islâmico, dado que a sua influência se estendeu para as finanças, mídia, operações e logística do grupo jihadista", disse Price.

"Os Estados Unidos e seus parceiros de coalizão estão determinados a destruir esse grupo terrorista que tem feito tanto mal e sofrimento ao povo de diversas regiões", acrescentou.

O agente de mídia do Estado islâmico, conhecido como Abu Abdullah, também foi morto no ataque, disse Price. Fonte: Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.