Dilma defende regras de longo prazo para salário mínimo

Segundo a presidente, é necessário instituir regras estáveis de longo prazo que permitam a continuidade da política de valorização do mínimo

São Paulo - O tema "salário mínimo" teve lugar na mensagem da presidente Dilma Rousseff no Congresso Nacional. "A adoção da política de valorização do salário mínimo permitiu que esse alcançasse o maior nível dos últimos 40 anos, beneficiando diretamente trabalhadores ativos, aposentados e pensionistas", afirmou. Ela disse, entretanto, que é preciso ir ainda mais longe, "superando o quadro atual e instituindo regras estáveis de longo prazo que permitam a continuidade dessa política".

A presidente disse que encaminhará ao Congresso proposta de política de longo prazo de reajuste do salário mínimo, "conforme estabelece a Lei nº 12.255 de 15 de junho de 2010". A manutenção de regras estáveis que permitam a manutenção do poder de compra foi defendida por Dilma. "Os salários dos trabalhadores terão ganhos reais sobre a inflação, que serão compatíveis com a capacidade financeira do Estado brasileiro", afirmou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também