Congresso dos EUA aprova orçamento de US$ 4,6 bi para acolher migrantes

Recurso será aplicado a auxílio a imigrantes na fronteira com o México; projeto, aprovado pela Câmara Baixa e Senado, precisa da aprovação de Trump

O Congresso dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira (27) um orçamento de 4,6 bilhões de dólares para atender os migrantes na fronteira com o México e falta apenas que a norma seja promulgada pelo presidente Donald Trump.

A Câmara Baixa, dominada pela oposição democrata, aprovou por 305 votos a 102 a lei que já tinha sido aprovada na véspera pelo Senado, de maioria republicana. A oposição democrata tentou que o projeto incluísse a proteção explícita a menores migrantes, mas cederam diante da negativa republicana.

"Temos que assegurar que estejam disponíveis os recursos necessários para proteger as crianças", disse a presidente da Câmara de Representantes, a democrata Nancy Pelosi.

O dinheiro de emergência dará uma injeção financeira para as instalações ao longo da fronteira entre os Estados Unidos e o México, em meio a uma crise crescente pelas condições de alojamento dos menores, algumas vezes sem sabonetes, pasta de dentes ou chuveiros, com pouca supervisão de adultos e comida insuficiente.

A medida financiará agências como o Departamento de Segurança Interna e o Departamento de Saúde, afetado pelo fluxo de migrantes que chegam à fronteira sul, a maioria da América Central.

Os partidos Democrata e Republicano têm brigado por meses pelos recursos para a fronteira.

Os republicanos insistem em que a medida incluísse dezenas de milhões de dólares em pagamentos de horas extras e outras remunerações para o pessoal fronteiriço, autoridade para deslocar pessoal militar e para investigar os traficantes de seres humanos.

"Hoje prevaleceu o senso comum sobre o partidarismo no Congresso", disse Kevin McCarthy, líder dos republicanos na Câmara baixa, e exigiu que os dois partidos agora acertem juntos o combalido sistema migratório.

As tensões na fronteira nas últimas semanas derivaram em uma crise com o aumento no número de migrantes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.