Começa primeira sessão da Assembleia Constituinte na Tunísia

A assembleia foi eleita no dia 23 de outubro nas primeiras eleições livres no país

Túnis – A Assembleia Constituinte, eleita no dia 23 de outubro nas primeiras eleições livres na Tunísia, iniciou nesta terça-feira seus trabalhos, quase um ano depois da fuga do ex-presidente Zine El Abidine Ben Ali.

“Declaro aberta a primeira sessão da Assembleia Constituinte”, disse o vereador decano Tahar Hamila, que presidiu a sessão, diante da Assembleia reunida no palácio do Bardo, sede do antigo Parlamento tunisiano.

Os 217 deputados, dentre os quais os islamitas são os mais numerosos, com 89 vereadores, cantaram em seguida o hino nacional tunisiano.

Logo depois, recitaram a Fatiha, a primeira surat do Alcorão, em homenagem aos “mártires” da revolução tunisiana.

“Neste momento histórico, colocamos a primeira pedra da segunda república para um Estado de liberdade, de justiça e de dignidade, que será convocado a realizar os objetivos da revolução”, declarou Hamila.

O presidente interino, Fouad Mebazaa, fará posteriormente um discurso.

Após uma suspensão da sessão, a Assembleia realizará a eleição de seu presidente e dos dois vice-presidentes.

O chefe do partido Ettakatol, Mustafah Ben Jaafar, é o candidato designado pelos três partidos vencedores das eleições, que concluíram um acordo sobre a repartição dos poderes e a distribuição das pastas no futuro gabinete.

A presidência da República irá para o dirigente do CPR, Moncef Marzouki, e a direção do governo para o islamita Hamadi Jebali.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.