Com covid, rainha Elizabeth presta solidariedade às vítimas de Petrópolis

O Palácio de Buckingham anunciou que Elizabeth, de 95 anos, está com sintomas leves, típicos de um resfriado, mas deve continuar cumprindo alguns compromissos
 (Ian Vogler/Reuters)
(Ian Vogler/Reuters)
Por ReutersPublicado em 21/02/2022 15:25 | Última atualização em 21/02/2022 15:25Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A rainha britânica Elizabeth enviou uma mensagem de condolências ao Brasil nesta segunda-feira, enquanto continua exercendo suas tarefas oficiais apesar de ter testado positivo para a Covid-19.

O Palácio de Buckingham anunciou no domingo que Elizabeth, de 95 anos, está com sintomas leves, típicos de um resfriado, mas deve continuar cumprindo alguns compromissos, uma indicação de que a mais longeva monarca do planeta não está gravemente abatida.

Quer saber tudo sobre a política internacional? Assine a EXAME e fique por dentro.

Desta maneira, ela enviou uma mensagem ao Brasil na segunda-feira dizendo que está profundamente triste de ouvir sobre a destruição causada por inundações na cidade de Petrópolis, que deixou mais de 175 mortos.

"Meus pensamentos e orações estão com os que perderam suas vidas, entes queridos e lares, assim como os serviços de emergências e todos os que estão trabalhando para apoiar as iniciativas de recuperação", disse sua mensagem.

A rainha, que está totalmente vacinada contra o coronavírus, brincou há apenas quatro dias que não podia se mexer muito, e as preocupações com a saúde de Elizabeth só aumentaram após ela passar uma noite no hospital em outubro do ano passado para tratar uma condição não especificada.

"Eu sei que toda a Câmara dos Comuns irá se juntar a mim para desejar o melhor à Sua Majestade a Rainha, por uma recuperação total e rápida", disse o primeiro-ministro Boris Johnson ao Parlamento. "É uma lembrança de que o vírus ainda não se foi."