Coalizão de Netanyahu quer acordo provisório com Palestina

Ministro das Finanças de Israel alega que a perspectiva de um acordo definitivo de paz com os palestinos é "irreal" no momento

Jerusalém – Um integrante da coalizão de governo do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu alega que a perspectiva de um acordo definitivo de paz com os palestinos é “irreal” no momento e insiste na busca por um pacto provisório. A declaração do ministro das Finanças de Israel, Yair Lapid, veio à tona neste domingo, 19, quando foi publicada uma entrevista do aliado de Netanyahu ao jornal Yediot Ahronot.

O comentário surge apenas alguns dias antes da chegada do secretário de Estado dos EUA, John Kerry, ao Oriente Médio para impulsionar os esforços para a retomada das negociações de paz entre israelenses e palestinos, congeladas há anos.

A opção de um acordo provisório desagrada aos palestinos. Segundo Lapid, para contornar esse problema, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, poderia estabelecer um prazo de no máximo três anos para solucionar as questões que não forem resolvidas no acordo provisório.

A assessoria de imprensa de Netanyahu não se pronunciou sobre os comentários do ministro. As informações são da Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.