Chile decreta alerta vermelho em Valparaíso por incêndio

As autoridades chilenas decretaram alerta vermelho por um enorme incêndio na região de Valparaíso, que não foi controlado

Santiago do Chile - As autoridades chilenas decretaram alerta vermelho nesta sexta-feira por um enorme incêndio na região de Valparaíso, que não foi controlado e pelo qual dezenas de pessoas foram evacuadas de suas casas.

Segundo o Escritório Nacional de Emergência (Onemi), o alerta vermelho foi decretado porque o incêndio ameaça casas, torres de alta tensão, estruturas críticas e uma estrada que une Valparaíso com Santiago.

De fato, a autoridade regional fez um chamado aos motoristas para evitar o trânsito pela Rota 68, já que dita via se encontra cortada pelas chamas devido ao forte vento imperante na zona.

"É preciso usar caminhos alternativos", disse o intendente Ricardo Bravo em declarações a "CNN" Chile.

O diretor do Onemi de Valparaíso, Mauricio Bustos, informou aos jornalistas que o incêndio, cuja imensa coluna de fumaça pode ser vista desde muito longe, é "complexo" pelo lugar no qual está ocorrendo.

Em abril do ano passado aconteceu em Valparaíso um incêndio que em quatro dias consumiu mais de 10 mil hectares, deixou 15 mortos e cerca de 12 mil desabrigados, em uma zona que o governo está implementando um plano dotado de US$ 510 milhões para reconstruir os setores afetados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.