Mundo

Bolívia renegocia com Brasil e consegue evitar multas pelo gás

A empresa informa em comunicado que um novo adendo evita possíveis multas e melhora o preço ponderado do gás exportado, dando mais segurança tanto para a própria estatal quanto à Petrobras

Bolívia: Em junho, a Bolívia reduziu seus envios diários de gás ao País para aumentar as entregas à Argentina a um preço melhor (Agência Petrobras/Reprodução)

Bolívia: Em junho, a Bolívia reduziu seus envios diários de gás ao País para aumentar as entregas à Argentina a um preço melhor (Agência Petrobras/Reprodução)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 9 de agosto de 2022 às 13h53.

Última atualização em 9 de agosto de 2022 às 13h55.

A petroleira estatal boliviana Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB) encerrou uma complicada negociação com a Petrobras para evitar multas e melhorar sua receita pelas exportações diárias de gás para o Brasil. Em junho, a Bolívia reduziu seus envios diários de gás ao País para aumentar as entregas à Argentina a um preço melhor, o que a expôs a sanções, apesar de que as reduções haviam sido combinadas com a estatal brasileira.

A empresa informa em comunicado que um novo adendo evita possíveis multas e melhora o preço ponderado do gás exportado, dando mais segurança tanto para a própria estatal quanto à Petrobras. O novo acordo é mais flexível e dá certeza sobre os volumes de gás, segundo o presidente da estatal boliviana, Armin Dorgathen.

Após os minerais, o gás é o principal item de exportação da Bolívia, com receita que no ano passado chegou a US$ 2,249 bilhões. Os principais mercados são Brasil e Argentina, mas a produção estagnada nos últimos anos tem dificultado que o país cumpra os volumes combinados, que no caso brasileiro são de até 20 milhões de metros cúbicos diários, e com a Argentina, de até 14 milhões.

LEIA TAMBÉM: 

Petro apresenta projeto de reforma tributária na Colômbia

Acompanhe tudo sobre:BolíviaGásIndústria do petróleoPetrobrasPetróleo

Mais de Mundo

União Europeia repreende sete países por desrespeito às regras financeiras do bloco

Argentina faz acordo com El Salvador para ter modelo de segurança acusado de violar direitos humanos

Acordo entre Rússia e Coreia do Norte prevê assistência mútua em caso de 'agressão', afirma Putin

Suécia faz acordo de defesa com EUA que possibilitará envio de armas nucleares

Mais na Exame