A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Berlusconi aprova as contas do Estado, mas sem maioria absoluta

O resultado questiona a futura estabilidade de seu Executivo

Roma - O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, conseguiu nesta terça-feira aprovar na Câmara de Baixa italiana as contas do Estado de 2010, embora não tenha conseguido alcançar a maioria absoluta dos 316 deputados do plenário, o que questiona a futura estabilidade de seu Executivo.

Por 308 votos a favor, nenhum contra e apenas uma abstenção, o governo de Berlusconi conseguiu aprovar as contas do ano passado graças a postura da oposição que em bloco decidiu não participar da votação em um ato de 'responsabilidade' com relação à estabilidade do país.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também