A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Austrália promete esforços para julgar culpados de acidente

Premiê disse que fará todo o possível para levar perante a Justiça os responsáveis pela queda do avião de Malaysia Airlines

Sydney - O primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott, prometeu nesta terça-feira (data local) que fará todo o possível para levar perante a Justiça os responsáveis pela queda do avião de Malaysia Airlines no leste da Ucrânia.

A bordo do voo MH17 viajavam 298 pessoas, entre eles 37 cidadãos e residentes australianos.

"A Austrália continuará fazendo tudo o que esteja em seu poder para que este ato de barbárie seja investigado profundamente e os responsáveis sejam levados perante a Justiça", anunciou Abbott em comunicado publicado hoje em seu portal de internet.

Abbott divulgou sua declaração depois que o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade uma resolução que exige às milícias pró-russas que facilitem a investigação, deem acesso imediato e completo aos analistas ao local da tragédia, e um tratamento digno aos corpos.

"A resolução de hoje põe todo o peso do Conselho de Segurança na condenação ao ataque e estende as condolências da comunidade internacional às famílias às vítimas deste trágico acidente", disse Abbott.

O texto da resolução, proposto inicialmente pela Austrália e finalmente patrocinado pela maioria de membros do Conselho e pelos países com vítimas na tragédia, contou com o apoio da Rússia após reajustes negociados na última hora.

Entre as mudanças está o maior protagonismo dado à Associação Internacional de Aviação Civil na investigação, em detrimento da Ucrânia, e na mudança de uma expressão que dava como certo que o avião foi derrubado por um míssil.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também