Ataques de Exército sírio destroem mausoléu do século XI

Mesquita já havia sofrido danos durante os inúmeros ataques das tropas

Beirute - Disparos de obuses realizados pelo Exército sírio destruíram o mausoléu de um companheiro de Maomé, construído no século XI, indicaram fontes opositoras.

Obuses disparados durante a ofensiva do exército para reconquistar bairros do centro de Homs (centro da Síria) destruíram o mausoléu de Khaled bin Walid.

A mesquita já havia sofrido danos durante os inúmeros ataques das tropas regulares para se apoderar do bairro de Khaldyié.

O santuário data do século XI. A mesquita foi construída pelos mamelucos em meados do século XIII.

Khaled bin Walid, que nasceu em 592 em Meca, foi o principal chefe militar de Maomé e dos dois primeiros califas, Abu Bakr e Omar. Conquistou Damasco, até então em poder dos bizantinos, e morreu por volta de 642 em Homs.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.