Acidente em mina da Indonésia deixou 28 mortos

Sete corpos foram resgatados nesta quarta-feira

Timika – Vinte e oito trabalhadores morreram no acidente da semana passada em uma mina de ouro e prata na província indonésia de Papua, segundo o balanço final divulgado pela Freeport-McMoRan, a empresa americana proprietária do local.

Sete corpos foram recuperados nesta quarta-feira de uma galeria subterrânea, onde aconteceu o acidente no dia 14 de maio.

Apenas 10 funcionários de 38 foram resgatados após o acidente na mina de Grasberg, a mais importante do mundo em número de reservas exploráveis.

O presidente da Indonésia, Susilo Bambang Yudhoyono, ordenou uma investigação para determinar se houve negligência.

A atividade da mina de Grasberg, a mais importante do mundo em reservas exploráveis, está suspensa há uma semana, por solidariedade com as vítimas, segundo a Freeport.

A mina, onde trabalham quase 24.000 pessoas, fica em uma área montanhosa de difícil acesso na província de Papua.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.