88% dos franceses aprovam reação de Hollande aos atentados

A popularidade de Hollande, que tinha começado a se recuperar mês passado após dois anos em queda livre, melhorou significativamente

Paris - Quase nove de cada dez franceses aprovam a gestão do presidente da França, François Hollande, após os atentados jihadistas sofridos em Paris semana passada, segundo uma pesquisa elaborada pelo instituto CSA e divulgado nesta quarta-feira pela emissora "BFM TV".

A popularidade de Hollande, que tinha começado a se recuperar mês passado após dois anos em queda livre, melhorou significativamente, e 30% dos entrevistados declaram que a imagem que têm do presidente mudou "para melhor".

Outra pesquisa, divulgada pelo instituto Odoxa, mostrou que 29% dos franceses têm uma imagem positiva de Hollande como presidente da República, oito pontos a mais do que há um mês.

Para 67% dos questionados pela CSA a gestão de Hollande aos atentados contra a revista "Charlie Hebdo", a uma policial e a um supermercado judeu não mudou sua avaliação, e para 3% piorou.

Entre que se dizem simpáticos ao governante Partido Socialista (PS), o apoio à gestão do chefe do Estado após os ataques foi quase unânime: 99%.

Esse percentual cai para 90% entre os eleitores da conservadora União por um Movimento Popular (UMP) e 89% entre os verdes.

A menor aprovação de Hollande é entre os simpatizantes do ultradireitista Frente Nacional (FN), com 67%.

A pesquisa entrevistou 954 pessoas pela internet nos dias 13 e 14 de janeiro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.