Renner faz parceria com brechó para cliente vender roupa que não usa mais

Na parceria a sacola para até 35 peças pode ser retirada gratuitamente. Quem vender roupa escolhe se quer sacar o dinheiro, doar ou fazer nova compra

A varejista de moda Renner se uniu ao brechó online Repassa para, segundo a marca, estimular o consumo consciente. Os clientes da Renner podem retirar gratuitamente em determinadas lojas a Sacola do Bem, que serve para enviar ao Repassa peças de vestuário de qualquer marca que não são mais usadas. Com parceria a Sacola pode ser retirada gratuitamente e não com o custo de R$24,99 como é normalmente realizado no site.

Empresas sustentáveis podem significar muito lucro. Descubra as mais indicadas para você investir hoje.  

As lojas Renner participantes serão preparadas para ser um ponto de coleta, permitindo que os clientes deixem ali de volta as sacolas com as peças que quiserem revender no brechó online – cada uma comporta cerca de 35 itens.

Assim que o Repassa recebe os produtos, eles passam por um processo de curadoria, fotografia e cadastro antes de serem colocados à venda.

O saldo obtido com a comercialização dos itens pode ser usado como o usuário preferir, sendo possível comprar no Repassa, sacar o valor ou doar para uma lista de ONGs apoiadas. Segundo o site, o vendedor da peça recebe 60% do valor da venda.

Por enquanto, as Sacolas do Bem estão disponíveis para retirada em quatro unidades da marca em São Paulo: na loja da rua Oscar Freire e nos shoppings Pátio Paulista, Eldorado e Metrô Itaquera. A intenção é ampliar a iniciativa para outras cidades nos próximos meses.

Moda responsável 

Segundo a Renner, o projeto está alinhado à estratégia de sustentabilidade da empresa, que desde 2011 tem o seu próprio programa de logística reversa, o EcoEstilo, que coleta embalagens e frascos de itens de perfumaria e beleza para dar a eles uma destinação ambientalmente correta e que, em 2017, passou a receber também peças de roupa. De lá para cá, o EcoEstilo já coletou 145 toneladas, somando os resíduos de perfumaria e beleza e as peças em desuso.

 (EXAME Research/Exame)

A marca também contabiliza, nos últimos anos, a comercialização de 90 milhões de peças responsáveis, confeccionadas com matérias-primas como o fio reciclado, o algodão certificado, a poliamida biodegradável e a viscose certificada, além de processos que garantem, por exemplo, o menor uso de água na produção.

Paralelamente, a empresa está avançando no seu compromisso com a sustentabilidade por meio do investimento em energia solar para abastecimento das lojas, assim como pela compra de equipamentos inteligentes e automação de sistemas.

 

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.