Rede de TV espera receita recorde de publicidade para Olimpíada 2020

Expectativa para os jogos de Tóquio supera os US$ 1,2 bilhão em comerciais vendidos para a Olimpíada Rio 2016

A rede de TV americana NBC espera atingir um recorde de receita com publicidade durante os Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio, superando os US$ 1,2 bilhão em comerciais vendidos para a Olimpíada Rio 2016.

Dan Lovinger, vice-presidente executivo de receita com publicidade da NBC Sports, disse que a empresa está “significativamente à frente” em comparação ao mesmo período há quatro anos. Os jogos do Rio registraram as maiores vendas de anúncios de todos os tempos para uma Olimpíada, disse.

O montante de US$ 1,2 bilhão em anúncios vendidos naquele ano ficou 20% acima do recorde anterior para uma Olimpíada, quando a NBC vendeu US$ 1 bilhão em comerciais para os jogos de Londres de 2012.

O fuso horário de Tóquio é considerado favorável para a NBC, já que eventos matutinos serão transmitidos ao vivo em horário nobre nos EUA.

Lovinger disse que as categorias de anúncios que mais se destacam até agora incluem carros, viagens, bebidas, tecnologia e serviços financeiros. Ele acrescentou que empresas japonesas que normalmente não anunciam nos EUA também entraram em contato com a NBC.

“Estamos mais perto de nossa meta neste momento tanto em dólares absolutos quanto em porcentagem do objetivo, e esperamos superar essa meta”, disse Lovinger. “Como você pode imaginar, nossa meta para Tóquio é maior do que para o Rio.”

A NBC, controlada pela Comcast, tem os direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos nos EUA até 2032, parte de uma extensão de 12 anos, no valor de US$ 7,65 bilhões, assinada em 2014. Os direitos dos jogos de Tóquio são parte do acordo anterior da NBC com o Comitê Olímpico Internacional, no qual a rede pagou US$ 4,38 bilhões pelos direitos de transmissão das Olimpíadas entre 2014 e 2020.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.