Patagonia e The North Face aderem boicote e param de anunciar no Facebook

A campanha #StopHateForProfit é, segundo organizadores, motivada pelo fracasso do Facebook em agir contra a disseminação de ódio e das notícias falsas

As marcas de roupas Patagonia e North Face disseram ter pausados seus anúncios no Facebook e Instagram como uma forma de boicotar as redes sociais por conta dos conteúdos de ódio disseminados nas mesmas.

A campanha #StopHateForProfit, foi motivado pelo fracasso do Facebook em agir contra "mentiras odiosas e propaganda perigosa", como disse a Patagônia no Twitter. 

A iniciativa responde a pressão de grupos de direitos civis como a NAACP, Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor, e a Liga Anti-Difamação. Para essas organizações, o trabalho do Facebook não tem sido suficiente no combate ao ódio e as notícias falsas. 

Em comunicado enviado à CNN americana, o Facebook afirmou que respeita a decisão das marcas, e que mantém o diálogo aberto com diferentes partes da sociedade civil. 

Empresas como Upwork e REI também aderem a campanha.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também