• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Johnnie Walker apoia causas e reforça que uísque é para mulher

Johnnie Walker irá relançar música, promover debates e cursos profissionalizantes para as mulheres, que representam 31% dos consumidores de uísque no Brasil
 (Divulgação/Johnnie Walker)
(Divulgação/Johnnie Walker)
Por Marina FilippePublicado em 05/03/2021 10:24 | Última atualização em 05/03/2021 10:24Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A marca de uísque Johnnie Walker preparou uma série de ações publicitárias no Mês da Mulher para incentivar a quebra de esteriótipos relacionados aos consumidores da bebida. No Brasil, as mulheres representam 31% dos consumidores de uísque.

As melhores oportunidades podem estar nas empresas que fazem a diferença no mundo. Veja como na EXAME Research

“A imagem do whisky sempre esteve associada a homens. Queremos desconstruir mais esse estereótipo e mostrar a pluralidade e versatilidade do destilado em todos os sentidos. Ainda temos muito a fazer pela equidade”, diz Juliana Ballarin, diretora de marketing do portfólio de scotch da fabricante Diageo.

Com estreia no ambiente digital a campanha traz a música Super Homem, de Gilberto Gil, regravada pelo dueto Gab Ferruz e Tibí. Um videoclipe [assista abaixo] dessa releitura é criado pela AlmapBBDO, e o Hub Em Branco, com o conceito de "harmonizar sua dose feminina e masculina é poderoso”.

A curadoria dos intérpretes e a viabilização do uso da canção para a campanha ficaram sob a responsabilidade da SUBA, empresa de conteúdo com foco em influência.

"Essa música é poderosa. Ela fala da harmonização entre o feminino e o masculino com delicadeza e força nas palavras. Uma homenagem às mulheres, mas que ao mesmo tempo traz uma reflexão sobre caminharmos juntos", diz Michelle Gorodski, redatora da AlmapBBDO.

Redes sociais

Nas redes sociais, a ação será amplificada por meio do time criativo da marca com Astrid Fontenelle, Djamila Ribeiro, DJ Alok, Dan Ferreira e João Vicente. Haverá ainda um lançamento inédito da campanha com um live sobre o feminismo nos perfis de Djamila Ribeiro e do DJ Alok, no Instagram. No decorrer do mês, Johnnie Walker também vai propor conversas que envolvam o tema harmonização.

As conversas serão realizadas no Instagram dos perfis do time criativo de Johnnie Walker e também serão levadas para os perfis da marca por meio de conteúdo cocriado com os influenciadores no Twitter e no Instagram. No YouTube, uma série de três episódios produzida pela Trace Brasil – canal especializado em cultura afrourbana – mostrará como a harmonização é parte importante na história de mulheres negras que estão mudando o mundo ao seu redor.

Equidade de gênero no mercado de trabalho

No e-commerce da Diageo, o The Bar, durante o mês de março, a Johnnie Walker estará com uma ação especial. Quem comprar produtos da marca, ganha copos temáticos exclusivos e o livro "Quem tem medo do feminismo negro?", de Djamila Ribeiro.

Parte do lucro da venda será doado para a Casa Preta Hub, a fim de incentivar o empreendedorismo negro por meio da instituição fundada pela empreendedora Adriana Barbosa. A ação vai possibilitar a capacitação de mulheres com um curso de formação para bartenders do projeto Learning For Life do Instituto Diageo.

Segundo dados do Caged - Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados, no ano da pandemia o Brasil gerou em torno de 142 mil vagas com carteira assinada; quando se considera os empregos para mulheres, houve um fechamento de 87 mil vagas.