A propaganda descobriu o Brasil

Abaixo você verá um compilado de peças que pontuam um Brasil particular, extraído da percepção dos criativos para gerar empatia e seduzir o público

São Paulo - O dia 22 de abril representa a data de Descobrimento do Brasil. Mas e a propaganda? Ela já descobriu o nosso país? Agora, façamos um exercício rápido para imaginar como seria o Brasil se tivéssemos como referência apenas os conceitos que as marcas atribuem a nação em suas propagandas.

Nessa conta vamos deixar de lado o governo, que evidentemente vai explorar sempre temas positivos e o avanço de alguma área em suas campanhas, por questões meramente lógicas.

Mas a finalidade deste exercício é descobrir como as marcas estão explorando o produto Brasil em sua comunicação. Muito se fala em estereótipos para a imagem do país, mas fugir de alguns elementos como o Samba, Carnaval, futebol, alegria e a irreverência parece um desafio gigantesco.

A campanha ReBrasil da Y&R para a Itaipava, por exemplo, usa todos esses elementos para propor a reconstrução do país com o acréscimo de um ingrediente; o humor.

Abaixo você verá um compilado de peças que pontuam um Brasil particular, extraído da percepção dos criativos para gerar empatia e seduzir o público.

Nesta lista está uma campanha que foge de todos esses paradigmas. O primeiro comercial da marca Johnnie Walker desenvolvido especialmente para um país.

Criado pela NEOGAMA/BBH, o filme Keep Walking, Brazil, celebra o momento de progresso do Brasil, com uma superprodução internacional, como poucas realizadas localmente, onde um gigante desperta e começa sua caminhada avassaladora.

Outras campanhas são mais ufanistas, ou para suavizar o termo, integradoras da causa nacional. Este é o caso do comercial Imagine, criado pela Brahma para ironizar os mais pessimistas em relação ao bom andamento da Copa do Mundo 2014 no Brasil, competição patrocinada pela marca.

Veja os comerciais:

Keep Walking, Brazil - Johnnie Walker

ReBrasil - Itaipava

Imagine - Brahma

Aeroporto – Nike

Brasil - Correios

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.