IPO de Smart Fit, CBA e Multilaser e follow on da Méliuz: a semana na B3

Apesar de queda recente do Ibovespa, mercado volta a ficar receptivo para a oferta inicial de empresas bem avaliadas por gestoras e investidores
Rede de academias com preços acessíveis Smart Fit deve concluir seu IPO na próxima quarta-feira | Foto: Smart Fit/Reprodução Instagram (Instagram Smart Fit/Reprodução)
Rede de academias com preços acessíveis Smart Fit deve concluir seu IPO na próxima quarta-feira | Foto: Smart Fit/Reprodução Instagram (Instagram Smart Fit/Reprodução)
Por BloombergPublicado em 11/07/2021 15:10 | Última atualização em 11/07/2021 15:10Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A segunda semana cheia de julho promete um calendário agitado para a bolsa brasileira, a B3, em especial no campo das ofertas de ações. Apesar da queda recente do Ibovespa para a casa dos 125 mil pontos, o mercado se mostra receptivo para ofertas de empresas bem avaliadas por gestoras e grandes investidores.

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), do grupo Votorantim, está entre as quatro empresas cujas ofertas de ações devem ter preço definido nos próximos dias. Três IPOs (também estão previstas as precificações da Smart Fit e da Multilaser) e o follow on de R$ 1 bilhão da Méliuz (CASH3) são esperados.

Com base no preço médio da faixa indicativa de preços para a ação e considerando apenas a colocação do lote básico, a oferta da CBA poderá levantar cerca de R$ 2 bilhões.

Acompanhe a movimentação no mercado corporativo na semana que começa:

A semana

  • Segunda-feira, 12 de julho: Estreia prevista das ações da BBM Logística e da 3tentos depois de IPO.
  • Definição do preço por ação da Smart Fit em IPO.
  • Terça-feira, 13 de julho: Definição do preço por ação em IPO da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA).
  • Quarta-feira, 14 de julho: Vencimento de opções sobre Ibovespa na B3.
  • Estreia prevista das ações da Smart Fit na B3.
  • Quinta-feira, 15 de julho: Estreia prevista das ações da Companhia Brasileira de Alumínio na B3
  • Definição de preço por ação em IPO da Multilaser.
  • Duratex promove Duratex Day com investidores de forma virtual.
  • Definição do preço por ação em follow on (oferta subsequente) da Méliuz.
  • Sexta-feira, 16 de julho: CSN Cimentos deve definir faixa indicativa de preço para seu IPO, segundo o Valor Econômico.
  • Vencimento de opções sobre ações na B3.

Veja a seguir 3 destaques da semana que passou na bolsa:

BR Distribuidora estuda oferta

As metas da BR Distribuidora (BRDT3) são ousadas para a nova fase que se inicia após a saída da Petrobras de seu capital e o começo da gestão de Wilson Ferreira Júnior, que assumiu em março. A companhia poderá fazer uma oferta primária de ações para financiar aquisições no futuro e se prepara para a transição energética, com planos de se tornar não só uma empresa de combustíveis mas também de energia, segundo entrevistas de Ferreira Júnior.

Enauta interrompe produção

A Enauta (ENAT3) interrompeu a produção de dois poços do Campo de Atlanta por causa de uma falha no sistema de bombeio. Um dos poços deve retornar à produção na segunda quinzena de julho, e o segundo, só em agosto, segundo comunicado da própria empresa. Em junho, o Campo de Atlanta atingiu seu maior volume produzido no ano, de 17.300 barris de óleo por dia. A produção no segundo trimestre foi de 16.700 barris de óleo equivalente por dia, um crescimento de 42,7% em relação ao trimestre anterior, segundo outro comunicado da Enauta.

St Marche avalia IPO

A rede de supermercados voltada para média e alta renda contratou Santander Brasil (SANB11), BTG Pactual (BPAC11) e Itaú BBA para avaliar uma potencial oferta na bolsa brasileira, de acordo com pessoas com conhecimento do assunto. A oferta pode levantar entre R$ 600 milhões e R$ 800 milhões, mas as discussões estão em estágio inicial.

(Com a Redação)