Acompanhe:

Chega nesta quinta-feira, 29, o último dia do Mobile World Congress (MWC 2024) em Barcelona. De laptop transparente a celular que dobra no pulso, os corredores da feira estavam repletos de novos modelos e protótipos do que está por vir no mercado. E, mesmo sendo a bola da vez, a inteligência artificial (IA) ficou de fora (ou não foi a protagonista) na maioria dos anúncios das fabricantes de smartphones.

Segundo a empresa de análise Counterpoint, 100 milhões de smartphones com tecnologia IA já devem ser vendidos em 2024, com uma estimativa de 522 milhões até 2027.

Para referência, dados do IDC indicam que somente a Apple registrou 234,6 milhões de unidades enviadas em 2023. A Samsung, que acaba de lançar o Galaxy S24 com ferramentas de IA, contabilizou 226,6 milhões.

Mesmo com o potencial em vendas, há uma sensação de timidez na MWC 2024. Enquanto gigantes como Google e Microsoft só falam de IA e quase diariamente anunciam novidades, as chinesas Xiaomi e Huawei usaram de seu espaço no evento para anunciar um smartphone com câmera avançada e destaques ao 5.5G, respectivamente.

A Samsung, por exemplo, lançou o S24 Ultra já com ferramentas de IA, mas destacou um protótipo de anel inteligente que não tem qualquer previsão de chegar ao mercado. Mesmo o conceito dependendo de inteligência artificial, faltou focar no que é concreto e já está nas prateleiras.

Na feira de tecnologia CES 2024, um dos maiores destaques foi o R1, da startup Rabbit, um assistente de inteligência artificial (IA) portátil que quer ser a extensão do smartphone.

Vale ressaltar que, após um aumento em 2021 impulsionado pela demanda reprimida durante o auge da pandemia, o mercado de smartphones experimentou uma queda de 12% em 2022, conforme indicado pela Canalys. No último ano, as vendas alcançaram 1,14 bilhão de unidades, representando uma diminuição de 4%.

Apesar da redução geral nos envios de smartphones em 2023 em comparação com 2022, há sinais de recuperação no mercado. O IDC relatou um crescimento anual de 8,5% no quarto trimestre, enquanto a Canalys registrou um aumento de 8% após sete trimestres consecutivos de declínio.

Esse panorama sugere uma possível retomada do setor após um período de retração. Apesar de não parecer que a IA não é protagonista, ela já aparece no enredo de várias fabricantes e empresas de tecnologia. Veja as principais novidades de IA na MWC 2024:

Destaques em IA na MWC 2024

  • A chinesa Xiaomi anunciou uma versão mais refinada dos smartphones Xiaomi 14 e 14 Ultra. A câmera é o principal foco dos produtos, e conta com 4 modelos de inteligência artificial que auxiliam no momento de fotografar
  • O Magic6 Pro da Honor também terá uma câmera alimentada por IA, com uma ferramenta que antecipa movimentos na câmera para facilitar a captura de imagens em alta definição. Segundo a empresa, o dispositivo incorpora o modelo de IA Llama 2, da Meta, semelhante ao ChatGPT

Xiaomi 14 e 14 Ultra: smartphones são destaque pelas câmeras

  • A Intel planeja ter 100 milhões de PCs com IA até o próximo ano, segundo o vice-presidente David Feng. Somente para isso, a companhia produzirá 40 milhões de CPUs em 2024. O conceito “AI PC” inclui o novo botão Copilot da Microsoft, além de processadores Intel Core Ultra com GPUs integradas.
  • A Oppo lançou o Air Glass 3, protótipo do próximo par de óculos inteligentes de IA. Eles se conectam aos smartphones da marca e o estilo é semelhante ao Meta Ray-Ban, indicado na foto abaixo. Em ambos, é possível olhar para algo e pedir para o óculos (através do comando de voz) fornecer mais contexto sobre o que está sendo visto.

Óculos inteligentes Meta Ray-Ban: produto ainda não está disponível no Brasil (Ray-Ban/Divulgação)

  • A americana Qualcomm anunciou o Fast Connect 7900, chip de IA que permite a configuração automática de diversos monitores (como rapidamente integrar a tela do tablet ao computador); rastreamento de dispositivos e até o desbloqueio automático de um laptop por proximidade.​ Só é necessário um chip para conectar várias telas.
  • Ela também anunciou o modem Snapdragon X80, a sétima geração de sua solução 5G de modem com antena. Nesta edição, o modem conta com um acelerador que "potencializa a otimização de IA", segundo a companhia. Ainda em fase teste, os dispositivos estão previstos para serem lançados no segundo semestre de 2024.
  • Talvez o conceito mais interessante anunciado durante a MWC 2024 seja o protótipo da Deutsche Telekom de um smartphone de IA que não precisa de aplicativos. Em parceria com a Qualcomm e a Brain.ai, a Telekom quer desenvolver o "AI Phone": a ideia é abandonar os aplicativos externos e criar um smartphone que reserve voos, escreva mensagens e muito mais somente por comando de voz.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Pets, investimentos e IA generativa: 3 tendências no Web Summit Rio
seloNegócios

Pets, investimentos e IA generativa: 3 tendências no Web Summit Rio

Há 8 horas

Eleições 2024: qual será o papel da inteligência artificial no pleito municipal?
Brasil

Eleições 2024: qual será o papel da inteligência artificial no pleito municipal?

Há 15 horas

Você usa inteligência artificial do jeito certo? CEO aponta os principais desafios para usuários
Future of Money

Você usa inteligência artificial do jeito certo? CEO aponta os principais desafios para usuários

Há 15 horas

Governo Tarcísio testará uso de IA para atualizar material didático de escolas de SP
Brasil

Governo Tarcísio testará uso de IA para atualizar material didático de escolas de SP

Há 17 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais