Inteligência Artificial

Cofundador da OpenAI anuncia lançamento de nova empresa de IA

Ilya Sutskever foi um dos membros do conselho da OpenAI por trás da tentativa de destituir Sam Altman

Executivo quer uma empresa livre de pressão comercial no curto prazo (JACK GUEZ/Getty Images)

Executivo quer uma empresa livre de pressão comercial no curto prazo (JACK GUEZ/Getty Images)

Publicado em 20 de junho de 2024 às 06h36.

Última atualização em 20 de junho de 2024 às 13h49.

O cofundador da OpenAI, Ilya Sutskever, que deixou a startup de inteligência artificial no mês passado, apresentou ao mercado sua nova empresa de IA, a Safe Superintelligence (SSI).

“Estou começando uma nova empresa”, escreveu Sutskever no X na quarta-feira. “Buscaremos uma superinteligência segura de forma direta, com um foco, um objetivo e um produto.”

Sutskever foi o cientista-chefe da OpenAI e co-liderou a equipe que controlava os sistemas de IA com Jan Leike, que também saiu da OpenAI em maio para se juntar à empresa rival Anthropic. Após a saída dos dois, essa unidade da OpenAI foi dissolvida.

“Nosso modelo de negócios significa segurança, proteção e progresso. Estão todos isolados de pressões comerciais de curto prazo", postou o executivo no X.

Sutskever está iniciando a empresa com Daniel Gross, que supervisionou os esforços da Apple em IA, e Daniel Levy, ex-OpenAI. A empresa possui escritórios em Palo Alto, Califórnia, bem como em Tel Aviv, segundo a CNBC.

Sutskever foi um dos membros do conselho da OpenAI por trás da tentativa de destituir Sam Altman em novembro. Altman e Sutskever, juntamente com outros diretores, entraram em confronto sobre as barreiras de proteção que a OpenAI havia estabelecido na busca por IA avançada.

Após a súbita destituição de Altman e antes da sua rápida reintegração, Sutskever desculpou-se publicamente pelo seu papel na movimentação pela troca de comando.

“Lamento profundamente minha participação nas ações do conselho”, escreveu Sutskever em uma postagem no X em 20 de novembro. “Nunca tive a intenção de prejudicar a OpenAI. Adoro tudo o que construímos juntos e farei tudo o que puder para reunificar a empresa.”

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialOpenAISam Altman

Mais de Inteligência Artificial

Cerca de 80% das empresas no Brasil investiram ou vão investir em IA nos próximos 12 meses

OpenAI define cinco níveis para alcançar a inteligência artificial humana

Pesquisa mostra resistência ao uso de IA no atendimento ao cliente

AMD anuncia aquisição do maior laboratório privado de IA da Europa por R$ 3,5 bilhões

Mais na Exame