Acompanhe:

Apuração em SC 2º turno: veja em tempo real quem está ganhando a eleição

Jorginho Mello (PL), candidato de Bolsonaro, e Décio Lima (PT), apoiado por Lula, disputam o governo de Santa Catarina

Modo escuro

Continua após a publicidade
Mello e Lima: os dois candidatos disputam o segundo turno em SC (Facebook Jorginho Mello/Reprodução/PT/Divulgação/Divulgação)

Mello e Lima: os dois candidatos disputam o segundo turno em SC (Facebook Jorginho Mello/Reprodução/PT/Divulgação/Divulgação)

D
Da Redação

Publicado em 30 de outubro de 2022 às, 00h17.

Os eleitores do estado de Santa Catarina (SC) vão às urnas neste domingo, 30, para eleger o novo governador. Jorginho Mello (PL) e Décio Lima (PT) disputam o governo catarinense.

Clique aqui para acompanhar a apuração das eleições 2022 em tempo real

Nas eleições deste domingo, as urnas abrem às 8 horas no domingo e fecham às 17 horas (horário de Brasília), quando os votos começam a ser apurados.

Quem está ganhando em SC?

Neste ano, os horários de votação foram unificados em todo o Brasil pelo horário de Brasília, de modo que os primeiros resultados em todo o país começaram a sair logo após as 17h, quando a votação é encerrada.

Nesta eleição, o eleitorado de Santa Catarina cresceu 5,4%, somando 5.205.928 eleitores. Grande parte desse aumento se deve ao ingresso de jovens eleitores (de 16 e 17 anos) que eram pouco mais de 15 mil e agora são aproximadamente 56 mil. O voto só é obrigatório a partir dos 18 anos, mas o número de eleitores jovens inscritos cresceu no país nas eleições de 2022. No estado, Joinville é a cidade com o maior eleitorado, com 428.730 pessoas aptas a votar, seguida pela capital Florianópolis, com 399.606. 

Aos 66 anos, Jorginho Mello é senador de Santa Catarina desde 2019. Antes, foi deputado federal de 2011 a 2018. Candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL) no estado, ele lidera as pesquisas de intenção de voto. Décio Lima já foi eleito três vezes à Câmara dos Deputados por Santa Catarina e foi prefeito de Blumenau em 1996 e 2000. Atualmente, preside o diretório do PT no estado.

ACOMPANHE AQUI A APURAÇÃO VOTO A VOTO EM SC

Quem ficou na frente no 1º turno?

    Jorginho Mello e Décio Lima disputam o segundo turno das eleições 2022 para o governo de Santa Catarina, de acordo com dados de apuração do TSE. No primeiro turno, com 100% das urnas apuradas, Mello obteve 38,61% dos votos válidos e Lima teve 17,42%. O atual governador, Carlos Moisés (Republicanos), teve 16,99% dos votos e ficou em terceiro lugar, fora da disputa do segundo turno.

    Veja os detalhes do resultado

    Para vencer em primeiro turno, um candidato precisaria de 50% dos votos válidos mais um, excluindo brancos e nulos.

    • Jorginho Mello (PL): 38,61%
    • Décio Lima (PT): 17,42%
    • Carlos Moisés (Republicanos): 16,99%

    Quem foi eleito senador por Santa Catarina?

    O ex-secretário de Aquicultura e Pesca do governo Bolsonaro Jorge Seif Júnior (PL) foi eleito senador da República pelo estado de Santa Catarina nas eleições 2022. De acordo com dados de apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com 100% das urnas apuradas, Seif Jr. obteve 39,79% dos votos válidos (1.457.405 votos). Em segundo lugar ficou Raimundo Colombo (PSB), que recebeu 16% (598.564 votos).

    Os resultados das votações para os cargos de deputado estadual e federal podem ser consultados na página do TSE. Basta selecionar o estado de interesse.

    Não foi votar? Como justificar ausência do voto

    Quem não pode justificar a ausência no dia do primeiro ou do segundo turno da eleição, tem o prazo de até 60 dias após cada turno para regularizar a situação eleitoral sem o pagamento da multa. Os canais para realizar o procedimento online são o e-Título e o Sistema Justifica. Nesse caso, além de preencher o requerimento, é necessário anexar documentos que comprovem o motivo alegado, pois a justificativa não é automática e poderá ser ou não concedida pelo juiz eleitoral.

    Quem é obrigado a votar e justificar a ausência

    O voto é obrigatório para eleitoras e eleitores alfabetizadas, com idades entre 18 e 70 anos. O voto é facultativo para maiores de 16 anos e menores de 18 anos; maiores de 70 anos; e, analfabetos.

    LEIA MAIS
    LEIA TAMBÉM

    Últimas Notícias

    Ver mais
    Alistamento de jovens eleitores em campanha do TSE é mais que o triplo de 2020
    Brasil

    Alistamento de jovens eleitores em campanha do TSE é mais que o triplo de 2020

    Há 2 dias

    Quais são os 10 maiores supermercados de SC e quanto eles faturam? Veja a lista
    seloNegócios

    Quais são os 10 maiores supermercados de SC e quanto eles faturam? Veja a lista

    Há 5 dias

    Coreia do Sul inicia eleições legislativas cruciais para o presidente
    Mundo

    Coreia do Sul inicia eleições legislativas cruciais para o presidente

    Há uma semana

    Terceiro dia de julgamento de Moro termina com placar de 3 a 1 contra cassação do senador
    Brasil

    Terceiro dia de julgamento de Moro termina com placar de 3 a 1 contra cassação do senador

    Há uma semana

    Continua após a publicidade
    icon

    Branded contents

    Ver mais

    Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

    Exame.com

    Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

    Leia mais