Valor de mercado das criptomoedas ultrapassa a marca de US$ 2,5 trilhões

Recorde acontece após notícias de que a SEC pode aprovar outros ETFs de criptoativos nos EUA; bitcoin responde por quase 50% do total alocado no setor

O valor de mercado total das criptomoedas ultrapassou a marca de 2,5 trilhões de dólares pela primeira vez nesta terça-feira, 19, depois que a SEC, conhecida como a CVM dos Estados Unidos, demonstrou estar aberta para aprovar mais ETFs cripto após o início das negociações do primeiro produto do tipo no país.

De acordo com dados do Cointelegraph Markets Pro, o valor de todas as criptomoedas mais que dobrou desde que atingiu 1 trilhão de dólares em janeiro. Os preços do bitcoin (BTC) e do ether (ETH) subiram para mais de 63.000 e 3.800 dólares, respectivamente, à medida que a capitalização de mercado total das criptomoedas chegou à marca de 2,5 trilhões de dólares.

O bitcoin continua sendo a maior criptomoeda em valor de mercado, com cerca de 1,2 trilhão de dólares de market cap, seguido pelo ether, com mais de 448 bilhões de dólares, e com a binance coin (BNB) em terceiro, com 81 bilhões de dólares. KuCoin Token (KCS), Zcash (ZEC) e Polygon (Matic) foram as que mais recuperaram valor de mercado nos últimos sete dias, subindo mais de 20% cada uma para atingir preços de 14, 142 e 1,47 dólar, respectivamente.

Um dos indicadores para a saúde geral da classe de ativos digitais, a capitalização de mercado das criptomoedas atingiu seu maior valor histórico, superando o patamar registrado em meados de abril, quando o bitcoin chegou ao seu maior preço de todos os tempos. Pouco depois, entretanto, uma grande queda nos preços reduziu o market cap total dos ativos digitais pela metade, chegando a cair até cerca de 1,3 trilhão de dólares.

A recuperação do setor ocorre no momento em que o primeiro fundo negociado em bolsa vinculado ao mercado cripto e mais especificamente a contratos futuros de bitcoin nos EUA começou a ser negociado na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), proporcionando aos investidores exposição adicional à criptomoeda.

O mercado cripto enfrentou sua parcela de desafios regulatórios e legais em 2021, o que poderia ter ameaçado os preços dos principais tokens. Alcançando pela primeira vez uma capitalização de mercado de 1 trilhão de dólares em janeiro, o espaço atingiu preços muito além das máximas da corrida de touros de 2017, com volatilidade ainda presente nas principais classes de ativos.

por Cointelegraph Brasil

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também