Criador de Pokémon GO entra no mundo cripto com jogo que distribui bitcoin

A Niantic, empresa responsável pelo Pokémon GO, anunciou o lançamento do Fold AR, jogo que une metaverso e play-to-earn, mas que paga os jogadores em bitcoin ao invés de criptomoedas próprias

A Niantic, empresa responsável pelo desenvolvimento do jogo de sucesso Pokémon GO, anunciou o lançamento de um novo jogo no mercado, voltado para o ecossistema do metaverso e no estilo play-to-earn, que paga os jogadores em criptomoedas por sua interação no jogo.

O jogo, chamado Fold AR, é fruto de uma parceria entre a Niantic e a Fold, uma empresa de pagamentos com criptoativos, e tem uma temática no estilo Minecraft, porém nele os usuários precisam encontrar blocos, que são cubos de código binário em realidade aumentada, e após interagir com estes cubos os usuários são recompensados com bitcoin.

Segundo anunciou a empresa o objetivo do jogo é trazer para o metaverso uma experiência ligada à mineração de bitcoin e também ajudar na popularização e adoção da principal criptomoeda do mercado.

"O Fold AR oferece uma maneira divertida e interativa para os jogadores ganharem recompensas em bitcoin para seus gastos diários. Muitas pessoas estão interessadas em participar da economia crescente do bitcoin, mas não têm certeza de como começar. A Fold torna fácil que qualquer pessoa obtenha seu primeiro bitcoin", afirmou o CEO da Fold Will Reeves.

Além dos ganhos pela mineração virtual de bitcoin, o usuário do Fold AR poderá também obter bônus para compras através do aplicativo e cartão da Fold, que inclui uma "roda de prêmios" e também outras recompensas em bitcoin.

Fold AR

Ainda segundo as empresas, os titulares do cartão de débito Visa Fold serão capazes de coletar ainda mais bitcoin na experiência de AR, além de prêmios que aumentam suas chances de obter uma recompensa como cashback.

Além disso, Reeves disse que o jogo está repleto de piadas populares entre a comunidade de criptomoedas e outros memes, e afirmou que os blocos de mineração aparecem dentro de um raio próximo do usuário a cada 10 minutos, representando a taxa real da mineração do bitcoin.

As empresas destacaram também que a parceria prevê o lançamento de mais recursos para o jogo como um modo multiplayer no qual jogadores poderiam esconder bitcoins no mapa para que seus amigos os encontrem e também a implementação de tokens não fungíveis (NFTs).

"Os jogos sempre nos ajudam a ultrapassar os limites da tecnologia e nos permitem incubar alguns de nossos pensamentos mais audaciosos, mas vemos oportunidades incríveis em várias categorias, incluindo pagamentos. Trabalhar com o Fold, que sempre esteve na vanguarda em tornar o bitcoin acessível, é uma colaboração perfeita para a Niantic e um ótimo caso de uso para realidade aumentada", pontuou Meghan Hughes, da Niantic.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também