Análise: Uniswap, Solana e BNB ganham força e podem ter nova alta

Indicadores técnicos sugerem cenário otimista para estas criptomoedas, que podem alcançar a maior cotação de sua história

Por Lucas Costa*

Chainlink (LINK/BTC)

O criptoativo da Chainlink está sendo negociado próximo de 0,0005592BTC, com uma queda de 1,40% na última semana. No gráfico diário, o cenário no curto prazo segue indefinido, com forte suporte nos 0,00051450BTC. O preço ainda trabalha abaixo da média móvel de 200 períodos (linha rosa nos 0,0006BTC), evidenciando uma pressão vendedora. O cenário de novas altas só será possível caso o preço volte a trabalhar acima dos 0,00069200BTC, com rompimento da média móvel de 200 períodos e acionamento de stops dos vendidos, com alvos em 0,00080130BTC e 0,00090365BTC.

Polkadot (DOT/BTC)

O criptoativo da rede Polkadot caiu cerca de 6,75% na última semana, sendo cotado em 0,00066950BTC. O gráfico diário mostra um movimento de correção na média móvel de 21 períodos, após falha do rompimento do topo anterior em 0,00074500BTC. A tendência de curto prazo segue de alta, porém enfraquecida. O preço formou um topo mais baixo que o anterior, o que exige cautela, uma vez que o rompimento do último fundo (linha azul) pode ativar um pivô de baixa (trazendo mais vendedores para o criptoativo). O rompimento da figura citada pode levar a uma nova pernada de baixa nos próximos dias, caso o fundo dos 0,00063500BTC seja perdido, com alvo em 0,00049300BTC.

Uniswap (UNI/BTC)

O token UNI subiu cerca de 10% na última semana, após a falha de rompimento do seu suporte principal no patamar de 0,00048BTC, conforme nosso cenário projetado. No gráfico diário, observamos uma figura de triângulo (seta laranja - com topos descendentes e fundos horizontais), indicando uma contração no ativo e indecisão de curto prazo. A média móvel de 200 períodos em 0,0006BTC é a principal resistência e pode ser considerada como a média mais importante da Análise Técnica. A pressão compradora no teste do último fundo é positiva para o criptoativo, enquanto o cenário de novas altas para os próximos dias é possível, caso os 0,0006BTC (média móvel de 200 períodos) seja rompido, com alvos em 0,00074BTC e 0,0008BTC.

Análise Uni Fonte:tradingview.com

Fonte:tradingview.com (Lucas Costa/Divulgação)

Binance Coin (BNB/BTC)

A criptomoeda da Binance Smart Chain teve uma queda de 7,50% na última semana, negociando a 0,008814 BTC. O gráfico mostra uma falha de sustentação acima do topo anterior dos 0,010200BTC, e a pressão vendedora se intensificou com a perda da média móvel de 200 períodos em 0,008708, que nesse momento é testada como principal resistência. O cenário dos próximos dias pode ser intensa briga na média móvel de 200 períodos, que caso rompida pode levar a um teste do topo anterior em 0,01BTC.

Análise BNB Fonte:tradingview.com

Fonte:tradingview.com (Lucas Costa/Divulgação)

Cardano (ADA/BTC)

A criptomoeda da Cardano caiu 5,90% na última semana, com tendência de alta no longo prazo e seguindo sua correção de curto prazo. No gráfico diário, temos a formação de topos descendentes, indicando pressão vendedora. A região dos 0,000048BTC é o principal suporte, com compradores atuando nesse nível de preço e falhar de fechamento abaixo dessa região. A expectativa dos próximos dias é de teste do suporte citado, que se rompido, pode levar a correções mais profundas em 0,00004320BTC. A falha de cenário pode impulsionar um movimento de alta, caso o criptoativo supere o topo anterior dos 0,00005579BTC.

Ripple (XRP/BTC)

A criptomoeda da Ripple teve um fechamento estável em relação à semana anterior, e é negociada a 0,00002262BTC. O gráfico diário mostra a continuidade da correção do movimento recente de alta e teste da média móvel de 200 períodos, que atua como importante região de suporte. Os próximos dias podem ser marcados com teste nas regiões de retração de Fibonacci do movimento anterior (zonas de suporte baseado em correções do movimento de referência) dos 0,00002083BTC e 0,00001897BTC.

Polygon (MATIC/BTC)

O criptoativo da multi-chain Polygon teve uma queda de aproximadamente 4,70% na última semana, negociado a 0,00002612BTC . No gráfico diário, a cripto segue com deslocamento lateral, sugerindo indefinição e trabalhando perto da média móvel de 200 períodos recém formada dos 0,00002550BTC. Observamos o preço trabalhando abaixo da média móvel de 21 períodos dos 0,00002775BTC, que indica pressão vendedora. O principal cenário de curto prazo é o teste do fundo anterior em 0,00002410BTC (retângulo laranja), região que compradores atuaram anteriormente, caso a média móvel de 200 períodos seja rompida.

Solana (SOL/BTC)

O criptoativo SOL da rede Solana, que chamou bastante atenção nas últimas semanas pela sua valorização de mais de 400% entre jul/21 e set/21, caiu cerca de 2,65% na semana anterior. No gráfico diário, a tendência é de alta e temos o preço se sustentando acima do suporte da média móvel de 21 períodos nos 0,00316BTC. As retrações de Fibonacci, que servem para identificar as possíveis regiões de correção de preço se encontram em 0,00317BTC (38,2%) e 0,0022BTC (61,8%). Acreditamos que os próximos dias podem ser marcados pelo teste do topo anterior dos 0,0035BTC, que caso rompido, tem alvo na máxima histórica em 0,0047BTC.

*Lucas Costa é mestre em administração e economista pela Universidade Federal de Juiz de Fora, atuou como pesquisador acadêmico e professor nas temáticas de blockchain, criptomoedas e comportamento de consumo, sendo um dos fundadores do grupo de pesquisa Blockchain UFJF. Foi operador de câmbio em mesa proprietária com foco em análise técnica, e trader pessoa física em mercado futuro. Atualmente, é analista técnico CNPI do BTG Pactual digital, e apresenta a sala ao vivo de análises de maior audiência do Brasil.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também