Adidas anuncia entrada no metaverso e token de The Sandbox dispara 30%

Fabricante de material esportivo alemã anunciou a construção do adiVerse, metaverso da marca que será desenvolvido dentro da plataforma The Sandbox.
 (Visionhaus/Getty Images)
(Visionhaus/Getty Images)
L
Lucas Josa

Publicado em 23/11/2021 às 11:28.

Última atualização em 23/11/2021 às 11:28.

A Adidas é mais uma grande empresa a anunciar a sua entrada no metaverso. Na segunda-feira, 22, a gigante da moda divulgou planos para a construção do seu metaverso no The Sandbox - e impulsionou a criptomoeda nativa da plataforma, SAND, para uma alta de 32% em relação às 24 horas anteriores, um movimento contrário ao que acontecia no mercado cripto, com a maioria dos ativos operando em queda.

De olho nos recentes movimentos da Nike em relação ao metaverso, a Adidas, uma das maiores fabricantes de material esportivo do mundo, anunciou a construção do adiVerse, nome dado ao metaverso da marca que será desenvolvido dentro do The Sandbox.

Com um posicionamento de certa forma “enigmático” em uma publicação nas redes sociais, a marca alemã das três listras revelou que agora possui uma "land" (terreno), dentro do The Sandbox, que será utilizado para criar o adiVerse, o metaverso da Adidas.

Ainda na publicação, a companhia deu a entender que, provavelmente, o adiVerse será desenvolvido de forma conjunta com os "creators", que são os consumidores mais fiéis e próximos da marca, os designers por trás das colaborações mais conhecidas da Adidas, como Kanye West, e com os desenvolvedores do The Sandbox.

Junto com a comunicação da Adidas, o perfil oficial da plataforma The Sandbox também comentou sobre a chegada da marca em sua plataforma, ressaltando que “o impossível não é nada no metaverso” e, convidando os designers e creators da Adidas para construírem o futuro da marca no The Sandbox juntos.

Criada com o intuito de ser mais do que um simples jogo, a plataforma The Sandbox permite que usuários construam um novo universo digital, no qual itens e terrenos do jogo são representados por meio de tokens não-fungíveis (NFTs) e, no início do mês, o projeto captou mais de R$ 530 milhões em uma rodada de investimentos, que contou com a participação de grandes companhias, como Softbank, LG e Samsung.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube