Esporte

Olimpíadas de Paris: NBC já vendeu US$ 1,2 bilhão em patrocínio e espera bater recorde

O crescimento pode ser atribuído ao fato de ser a 1ª Olimpíada a permitir todos os espectadores desde a pandemia

Fuso horário mais "amigável" também ajuda na venda de patrocínios, segundo executivo

Fuso horário mais "amigável" também ajuda na venda de patrocínios, segundo executivo

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 10 de abril de 2024 às 06h48.

À medida que a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Paris se aproxima, em julho, a emissora NBCUniversal vem percebendo um grande interesse de patrocinadores para o principal evento esportivo mundial deste ano. Isso porque é esperado que os estádios fiquem lotados pela primeira vez desde a pandemia.

Na terça-feira, a NBCUniversal, da Comcast, disse que já vendeu US$ 1,2 bilhão em publicidade para os Jogos e está a caminho de atingir um novo recorde para patrocínios (os Jogos de Tóquio arrecadaram pouco mais de US$ 1.2 bilhão), A empresa pagou US$ 7,6 bilhões para renovar seu acordo de direitos de transmissão das Olimpíadas até 2032, o maior acordo do mundo nesse sentido. As informações são da Reuters.

Os gastos com anúncios dos patrocinadores do Comitê Olímpico Internacional (COI) aumentaram 18% em relação aos Jogos Olímpicos de  Tóquio, em 2021, disse Dan Lovinger, presidente de vendas de patrocínio olímpicos e paralímpicos da NBCU, em entrevista nesta terça. O crescimento pode ser atribuído ao fato de Paris ser a primeira Olimpíada a permitir todos os espectadores desde a pandemia, e com um fuso horário mais favorável para o público dos EUA após três Olimpíadas na Ásia, disse Lovinger. Do US$ 1,2 bilhão anunciado, US$ 350 milhões vieram de novas empresas.

Como os espectadores, especialmente os jovens, consomem cada vez mais conteúdo on-line e por meio da mídia social, a NBCUniversal tomou medidas para acompanhar a mudança. Ela anunciou no mês passado que, pela primeira vez em uma Olimpíada de verão, todos os eventos de Paris estariam disponíveis em seu serviço de streaming Peacock. Os anunciantes poderão comprar anúncios pela primeira vez usando tecnologia automatizada. A empresa também fechou acordos para publicar clipes no X e no Snapchat.

A receita de publicidade digital da NBCU para Paris já ultrapassou qualquer Olimpíada anterior, disse Lovinger.

Acompanhe tudo sobre:Olimpíadas 2024

Mais de Esporte

PSG está interessado na contratação de Vini Jr no lugar de Mbappé, diz rádio francesa

Jogos de hoje, quarta-feira, 12 de junho, onde assistir ao vivo e horários

Estados Unidos x Brasil: onde assistir, horário e escalações pelo Amistoso Internacional

Brasil pode jogar em Porto Alegre pelas eliminatórias da Copa do Mundo; entenda

Mais na Exame