Pesquisa eleitoral para presidente julho: Lula tem 44%, e Bolsonaro, 33%

Números são da pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA divulgada no dia 21 de julho. Foram ouvidas 1.500 pessoas entre os dias 15 e 20 de julho
 (Arte/Exame)
(Arte/Exame)
G
Gilson Garrett JrPublicado em 04/08/2022 às 15:24.

Veja os principais números da pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA de intenção de voto presidencial. Foram ouvidas 1.500 pessoas entre os dias 15 e 20 de julho. As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-09608/2022. A EXAME/IDEIA é um projeto que une EXAME e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. Veja o relatório completo.

Distância de dez pontos entre Lula e Bolsonaro

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 44% das intenções de voto, e o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece com 33%. Ciro Gomes, do PDT, tem 8%, e Simone Tebet (MDB), 4%. André Janones (Avente) fez 2%. Os demais nomes testados pontuaram 1% ou ficaram abaixo disso. Todos os números são de uma pergunta estimulada, com os nomes apresentados em formato de lista. Em comparação com a última pesquisa, feita em junho, os números oscilaram dentro da margem de erro. Apesar dessa variação, quem teve uma queda maior, no limite da margem, foi o presidente Bolsonaro, saindo de 36%, há um mês, para 33%. Lula perdeu um ponto percentual.

Segundo turno

Em uma simulação de segundo turno entre Lula e Bolsonaro, o petista tem 47%, e Bolsonaro 37%. Na série histórica, essa distância entre os dois ficou maior, se comparado com a pesquisa feita há um mês. O atual presidente também oscilou negativamente, acima da margem de erro. EXAME/IDEIA testou ainda outros quatro cenários de segundo turno. Lula venceria todas as disputas. Bolsonaro está em primeiro nas simulações com Tebet e Ciro, mas a com o ex-governador do Ceará está dentro da margem de erro e, portanto, é considerada um empate técnico.

Lula tem preferência dos jovens

Ao colocar uma lupa em alguns dados mais específicos da população, Lula tem vantagem no primeiro turno entre os jovens. Na parcela com idade entre 16 e 24 anos, ele tem 52% das intenções de voto, e Bolsonaro aparece com 21%. Ciro tem 10% nesta parcela, e Tebet, 6%. Já entre os mais velhos, com 60 anos ou mais, há um empate entre Lula e Bolsonaro, ambos com 39% das intenções de voto. Neste grupo de eleitores, o ex-governador do Ceará tem 6%, e Tebet tem 5%.

Avaliação de Bolsonaro

Ao longo de 2020, assim que o auxilio emergencial começou a ser pago pelo governo federal, houve uma melhora na avaliação do trabalho do presidente Jair Bolsonaro (PL). A poucos dias do início de uma nova rodada de benefícios, aprovada pelo Congresso Nacional e de autoria do Executivo, os brasileiros que consideram o governo como ruim ou péssimo são 48%, valor mais alto em três meses. Os que avaliam como ótimo ou bom são 29%, e os classificam como regulam somam 21% da população.

LEIA TAMBÉM