Pesquisa para presidente: na cidade de SP, Lula tem 42%, e Bolsonaro, 35%

Os números são da pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA, divulgada no dia 8 de junho, em uma simulação de primeiro turno estimulado

Bolsonaro e Lula: no estado de SP o petista tem vantagem. (Bolsonaro: Andressa Anholete / Lula: Minas/Bloomberg/Getty Images)

Bolsonaro e Lula: no estado de SP o petista tem vantagem. (Bolsonaro: Andressa Anholete / Lula: Minas/Bloomberg/Getty Images)

GG

Gilson Garrett Jr

Publicado em 14 de junho de 2022 às 17h14.

Última atualização em 14 de junho de 2022 às 17h21.

Em uma eventual disputa de primeiro turno, com recorte feito apenas na cidade de São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 42%, e o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece com 35% das intenções de voto. Ciro Gomes (PDT) tem 6%, e Simone Tebet (MDB), 5%. Os demais nomes pontuaram 1% ou ficaram abaixo disso. Entre os entrevistados da maior cidade do país, 2% dizem que votariam branco ou nulo, e 6% não sabem.

Os números são da pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA, divulgada no dia 8 de junho, em uma simulação de primeiro turno estimulado, em que os nomes são apresentados aos entrevistados.

Foram ouvidas 1.200 pessoas do estado de São Paulo entre os dias 3 e 8 de junho. As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos nos números gerais, e de seis pontos nos estratos.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01734/2022. A EXAME/IDEIA é um projeto que une EXAME e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. Leia o relatório completo.

Ainda de acordo com a pesquisa, na Região Metropolitana de São Paulo, Lula tem 40% das intenções de voto, e Bolsonaro, 33%. A maior vantagem do petista é na Baixada Santista, com 47% para Lula, e 32% para o atual presidente. Bolsonaro, por sua vez, aparece com maior vantagem no Vale do Paraíba, onde tem 61%, e Lula, 18%.

No recorte feito em todo o estado de São Paulo, o petista tem 39% das intenções de voto, contra 35% de Bolsonaro. Considerando a margem de erro da sondagem, os números são considerados empate técnico, apesar da vantagem de Lula.

LEIA TAMBÉM

Governo do estado: Haddad larga na frente

Os números de Lula e Bolsonaro mostram uma tendência vista também na disputa ao governo de São Paulo. Fernando Haddad (PT) larga na frente na capital, com 31%, nos municípios da Região Metropolitana, com 28%, e na Baixada Santista, com 42% da preferência dos eleitores. Nessas regiões, Tarcísio de Freitas (Republicanos) tem 17% na capital, 11% na Grande SP, e 16% na Baixada.

O aliado do presidente Jair Bolsonaro está em primeiro no Vale do Paraíba, com 22% das intenções de voto, e na região Sul do estado, onde está Sorocaba, também com 22%. O petista tem 12% no Vale do Paraíba, e 13% no Sul.

Nos números gerais, Haddad lidera as intenções de voto ao governo de São Paulo, com 27%, quando a pergunta é feita de forma estimulada. Logo depois vem um pelotão considerado tecnicamente empatado pela margem de erro da sondagem: Tarcísio, com 17%, Márcio França (PSB), com 14%, e Rodrigo Garcia (PSDB), que aparece com 11%.

(Arte/Exame)

Nesta pesquisa ao governo de São Paulo também foram ouvidas 1.200 pessoas do estado entre os dias 3 e 8 de junho, com a mesma metodologia. O registro no TSE é o SP-08096/2022.

LEIA TAMBÉM

Mais de Brasil

Conflitos por terra batem recorde no Brasil no primeiro ano do governo Lula

Cármen Lúcia mantém condenação de Deltan por Power Point contra Lula

Risco fiscal está 'drenando oportunidades' do Brasil, diz Tarcísio

Fluxo de passageiros para o exterior cresce pelo 24º mês seguido mostra Anac

Mais na Exame