Tudo sobre Eleições 2022: O que é e como votar nulo?

Modalidade de voto foi regularizada apenas na Constituição de 1988
Voto nulo: No segundo turno das eleições de 2018 os votos nulos chegaram a 7,8% (RafaPress/Getty Images)
Voto nulo: No segundo turno das eleições de 2018 os votos nulos chegaram a 7,8% (RafaPress/Getty Images)
Roberto Bodetti
Roberto Bodetti

Publicado em 05/09/2022 às 16:45.

Última atualização em 30/09/2022 às 15:35.

Regulamentado na Constituição de 1988, o voto nulo continua gerando diversas dúvidas entre o eleitorado brasileiro. Questionamentos como a diferença entre ele e o voto em branco e o que acontece quando o eleitor vota nulo ainda são muito comuns. 

É pensando em sanar essas dúvidas e explicar mais sobre o voto nulo que a EXAME preparou este guia para o eleitor brasileiro.

O que é o voto nulo?

O voto nulo é um tipo de voto que foi regulamentado a partir da Constituição de 1988, uma possibilidade dada ao eleitor de desconsiderar o seu voto. O voto nulo é de certa forma considerado um voto de protesto, mostrando o descontentamento do eleitor, uma vez que ele não concorda ou gostaria de direcionar o seu voto para qualquer um dos candidatos presentes no pleito.

É muito importante ressaltar que assim como o voto em branco, o voto nulo não tem efeito direto nas eleições, servindo apenas para fins estatísticos, ou seja, eles não são direcionados a nenhum candidato ou tem qualquer interferência com os resultados finais das eleições.

Como votar nulo?

Diferente do voto em branco, o voto nulo não conta com um botão nas urnas, então muitas pessoas ainda se perguntam o que deve ser feito para que o voto seja anulado em uma eleição.

Para que qualquer eleitor efetivamente anule seu voto, basta que ele digite uma combinação de números não existentes. Por exemplo, se para votar para deputado federal é necessário uma combinação de quatro dígitos, basta o eleitor digitar 4 dígitos que não pertençam a nenhum candidato. O mais usual é preencher as lacunas com o número 0 (zero). Feito isso, basta o eleitor apertar o botão verde “Confirma”, anulando o seu voto.

Caso surjam dúvidas no momento do pleito, é importante lembrar da presença dos mesários no momento do voto, que estão presentes para tirar dúvidas e auxiliar o eleitor.

Para mais dúvidas sobre as eleições de 2022, o TSE conta com um FAQ, atendimento via WhatsApp e com as suas ouvidorias regionais.