Torcedor poderá fiscalizar obras da Copa de 2014

Tribunal de Contas da União lançou nesta terça-feira o modelo de monitoramento das ações que vão preparar o Brasil para sediar o mundial de futebol
Site vai mostrar informações de uso do dinheiro público na copa (.)
Site vai mostrar informações de uso do dinheiro público na copa (.)
C
Cacau AraújoPublicado em 11/05/2010 às 14:28.

Brasília - O Tribunal de Contas da União deu o primeiro passo na fiscalização dos investimentos para realização da Copa do Mundo de 2014. Lançado nesta terça-feira, o portal Fiscaliza Copa 2014 vai armazenar dados de utilização de verba pública relacionadas ao mundial, e qualquer internauta estará liberado para verificar onde e como estão sendo aplicadas as verbas públicas.

Segundo o presidente do TCU, Ubiratan Aguiar, o torcedor poderá acompanhar ainda este mês o andamento de obras, os contratos firmados e os cronogramas físicos e financeiros das cidades sedes, entre outras informações.

O programa, feito em parceria com os tribunais de contas estaduais e municipais,
pretende oferecer uma fiscalização preventiva. "O objetivo é reprimir maus gastos de dinheiro público e evitar que os gastos reais sejam muito diferentes dos previstos, como no Pan (Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007)", explicou o presidente do TCU, Ubiratan Aguiar, durante o lançamento.

Também presente no evento, o ministro do Esporte, Orlando Silva, ressaltou a importância de cada órgão ter seu papel estabelecido para a realização do mundial de futebol. "É importante saber o que compete a cada agente público para que não haja nenhuma transferência involuntária de responsabilidade", disse ele. Para o ministro, a realização da copa deixará como legado uma referência de práticas de gestão pública eficientes.