Levy promete rigidez no controle de gastos

A promessa foi feita em reunião com parlamentares

Brasília - Parlamentares que participaram da reunião com o futuro ministro da Fazenda, Joaquim Levy, relataram que ele prometeu rigidez no controle dos gastos públicos e contenção de despesas. Junto com o ministro indicado do Planejamento, Nelson Barbosa, Levy realiza neste momento uma reunião com deputados e senadores da Comissão Mista de Orçamento (CMO).

Segundo o deputado Pauderney Avelino (PSDB-AM), Levy também destacou que vai atuar para conter o avanço da dívida pública e se comprometeu a entregar as metas macroeconômicas anunciadas em seu primeiro discurso como ministro indicado.

Já o deputado Izalci Lucas (PSDB-DF) afirmou que Levy e Barbosa demonstraram disposição de resgatar a credibilidade e transparência na economia.

De acordo com ele, a oposição cobrou que não haja aumento de impostos e pediu um posicionamento do ministro indicado sobre eventuais novos aportes do Tesouro no BNDES. Segundo Izalci, no entanto, não houve uma resposta direta do ministro sobre esses temas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também