Lagarde prevê crescimento global mais frágil do que estimado

Durante um ato na capital da Indonésia, a responsável do FMI apontou como razões a lenta recuperação das economias dos países avançados

Bangcoc - A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, indicou nesta terça-feira que o crescimento global para 2015 será "mais frágil" do que os 3,3% estimados previamente.

Durante um ato na capital da Indonésia, a responsável do FMI apontou como razões a lenta recuperação das economias dos países avançados, a desaceleração "não brusca, mas também não inesperada" da China e sua incidência nas nações emergentes.

"Esperamos que o crescimento global permaneça moderado e um pouco mais frágil do que o antecipado em julho", quando foi estimado um crescimento de 3,3%, disse.

Em seu discurso no auditório da Universidade da Indonésia, a diretora do FMI ressaltou que as economias emergentes "necessitam estar atentas para conduzir os possíveis efeitos secundários da desaceleração e o ajuste das condições financeiras globais".

Largade apontou para nações que, como a Indonésia e Brasil, apostaram na exportação de matérias-primas ao gigante asiático, cuja demanda começa a cair.

A transição da China para uma economia baseada no mercado será "complexa e poderia ser um caminho de buracos", apontou a chefe do FMI.

A China, cujo mercado financeiro registra um período muito volátil, promulgou uma série de medidas recentemente para reforçar sua economia.

"As autoridades (chinesas) têm as ferramentas políticas e financeiras para conduzir esta transição", ressaltou.

O Fundo Monetário Internacional estima que a Ásia continuará à frente do crescimento da economia mundial, embora a um ritmo mais lento do esperado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.