EUA está desenvolvendo tecnologia para "ler" a mente de soldados

Um dos objetivos é conseguir interpretar os sinais cerebrais para desenvolver uma forma de comunicação silenciosa entre os soldados

O governo dos Estados Unidos está financiando uma nova pesquisa para decodificar sinais cerebrais. Em termos práticos, isso significa que o exército americano estuda uma nova forma de conseguir “ler” a mente de seus próprios soldados e, desta forma, criar uma maneira para que estes possam se comunicar silenciosamente durante as operações.

A pesquisa científica está sendo comandada pelo Escritório de Pesquisa do Exército dos EUA e conta com a participação de diferentes universidades americanas e do Reino Unido. Até agora, através da criação de um algoritmo matemático complexo, os cientistas já conseguiram separar os sinais cerebrais que influenciam a ação de sinais que não têm esta influência.

“Não estamos apenas medindo os sinais, mas os interpretando”, disse Hamid Krim, gerente de programa do Gabinete de Pesquisa do Exército, conforme reportado pelo site C4isrnet.

Os estudos, que já custaram pelo menos 6 milhões de dólares para o governo americano, ainda estão no começo e os primeiros experimentos foram realizados apenas com animais, ao monitorar sinais de um macaco tentando agarrar uma bola.

Quando (e se) a pesquisa avançar, há pelo menos duas possibilidades de uso desta tecnologia. Uma é permitir que os centros de comando possam identificar sinais de estresse e fadiga captados nos cérebros dos soldados antes que eles realmente percebam os sintomas.

A outra possibilidade é utilizar estes sinais para criar uma forma de comunicação silenciosa, em que um soldado pode reportar apenas forçando seu pensamento. Um dispositivo eletrônico, como um celular, poderia captar essas ondas cerebrais e enviá-las para uma base, que faria o estudo dos sinais para decodificar uma determinada mensagem.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.