Estudo diz que tomar muito café pode reduzir riscos de câncer de próstata

A pesquisa, revisada por pares, se trata de um efeito observacional, e não de causa e efeito

Tomar bastante café pode reduzir o risco de se ter câncer de próstata – ao menos é o que aponta um estudo que combinou dados de outros 16, calculando o risco associado com um consumo alto e baixo da bebida. A pesquisa se trata de um efeito observacional, e não de causa e efeito.

A pandemia mexeu com a economia e os negócios no mundo todo. Venha aprender com quem conhece na EXAME Research

Ao observar o quanto de café cada um dos voluntários bebia, foi concluído que aqueles que bebiam mais corriam menos 9% de risco de desenvolver a doença, eram 12% menos prováveis de desenvolver quadros avançados do câncer e eram 16% menos propensos a ter uma versão fatal do câncer.

A pesquisa, que foi revisada por pares, foi realizada com 1.081.586 participantes e 57,7 mil casos de câncer de próstata nos Estados Unidos, Europa e Japão. Segundo os pesquisadores, a cada copo de café adicional por dia, o risco era reduzido em quase 1%.

De todas as pesquisas utilizadas, 14 são considerados de alta qualidade, com risco baixo de preconceito e o tamanho da amostra fortalecem o estudo observacional, na qual são coletados os dados sobre um determinado tema. A informação sobre o café foi reportada pelos pacientes, o que pode ter um nível de confiança baixo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.